Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Moimenta da Beira recebe primeira edição do “Planalto – Festival das Artes”

Moimenta da Beira recebe primeira edição do “Planalto – Festival das Artes”

Artistas consagrados, premiados e artistas emergentes em busca de lugares para consolidarem as carreiras vão estar em Moimenta da Beira entre os dias 20 e 25, na primeira edição do Planalto – Festival das Artes.

Luís André Sá, diretor artístico do festival, confirma a presença do coreógrafo e bailarino Francisco Camacho, “que dança nos maiores teatros do mundo e vai dançar no pavilhão da escola secundária de Moimenta da Beira”, no dia 22.

Durante seis dias de atividade artística, vão realizar-se em Moimenta da Beira, mais de 30 eventos, entre espetáculos de teatro, dança e música, sessões de cinema, exposições, performances, festas de encerramento, ‘ateliês’, conversas, palestras e aulas.

O festival tem “um programa nuclear, onde estão todas as atividades de maior porte, nomeadamente todos os espetáculos de dança, de teatro, os concertos, as sessões de cinema, as exposições, todas as atividades mais diretas ao público”, e “um programa paralelo, que tem missão de educação pela arte e de formação de públicos”, explicou Luís André Sá.

“A ideia é a de que, neste programa paralelo, o objetivo passa por trabalhar com as pessoas de Moimenta da Beira, em ‘workshops’ a acontecer desde os infantários até aos lares de terceira idade, fazendo uma coesão social e envolvendo as pessoas que vivem neste território”, referiu o diretor artístico.

Todas as atividades serão de entrada livre, exceto um almoço comunitário, no último dia, que terá um preço simbólico.

Este almoço integra-se “na linha social do projeto”, que quis “ir buscar áreas artísticas para trabalhar com comunidades específicas: o cinema com as comunidades ciganas, a música com as comunidades dos PALOP [Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa] e o almoço com uma comunidade de retornados de Angola sediada na Barragem do Vilar”.

 

Pode ver também

Utilização total dos Parques fechados em Viseu custa 20€ por mês

A Câmara de Viseu aprovou a localização da numeração dos estacionamentos das ZEDL, bem como …

Comente este artigo