Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: onda de calar e noites tropicais aumentam risco de incêndio.

Viseu: onda de calar e noites tropicais aumentam risco de incêndio.

A Proteção Civil alertou hoje para o aumento do risco de incêndios rurais, no distrito de Viseu devido ao vento e subida da temperatura a partir desta quarta-feira e que se prolonga para os próximos dias.

Num aviso à população, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) dá conta de um “aumento das condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais”.

Segundo a ANEPC, que cita o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se para os próximos dias uma intensificação gradual do vento e uma subida da temperatura máxima, no distrito de Viseu

Para os próximos dias está prevista uma humidade relativa do ar entre 15% e 30%, subida gradual da temperatura máxima e noites tropicais, bem como vento a soprar até 30 quilómetros por hora.

“Este cenário meteorológico irá traduzir-se num aumento do índice de risco de incêndio”, refere a ANEPC.

Viseu vai passar, a partir das 11h00 de quarta-feira e até às 17h00 de quinta-feira, para estado de alerta amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido ao perigo de incêndio rural.

Para o distrito de Viseu, segundo o IPMA, está prevista uma temperatura máxima que vai variar entre os 32 e os 35 graus, mas em algumas zonas do distrito a máxima pode chagar aos 40 graus. A temperatura mínima vai variar entre os 18 e os 20 graus.

No comunicado, a ANEPC recorda que, até 30 de setembro, é proibido fazer queimas e queimadas, utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais, lançar balões de mecha acesa e foguetes e uso de fogo-de-artifício.

 

Pode ver também

São Pedro do Sul: Festival Tradidanças terá edição alargada em 2021

O festival Tradidanças, que não se realizou este verão, em São Pedro do Sul, distrito …

Comente este artigo