Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: Aumentaram os processos de insolvência de farmácias

Viseu: Aumentaram os processos de insolvência de farmácias

“No espaço de cinco anos registou-se um aumento de 254,1% no número de insolvências”, o que representou mais 155 farmácias, refere a ANF, citando dados do barómetro MOPE, do Centro de Estudos de Avaliação em Saúde (CEFAR).

Todos os anos, foram registados aumentos destas situações, mas “a crise agudizou-se em 2017, estando agora 630 farmácias num universo de 2.943 em situação económica difícil”, refere o barómetro.

Os dados, enviados à agência Lusa, mostram também um aumento de 130% das situações de penhora das farmácias, subindo de 61 (2,1% do total) em dezembro de 2017, para 216 (7,3%) em dezembro de 2017.

A associação acrescenta, em comunicado, que “mais de um quinto das farmácias portuguesas entrou em 2018 em situação de crise económica, enfrentado processos de insolvência e penhora e sem garantias de sobrevivência”.

De acordo com os dados, todo o país tem farmácias com ações de insolvência e penhora, sendo o distrito de Portalegre o que regista o maior número destas situações (32,6%).

No segundo lugar desta lista surge a Guarda (28,8%), seguida de Santarém (28,6%), Setúbal (28,4%), Lisboa (27,1%), Faro (27%), Beja (26,8%), Viseu (23,9%), Coimbra (21,6%) e Vila Real (18,6%).

Lusa

 

Pode ver também

Futebol: Desportiva de Sátão desce na classificação geral

Na 26ª jornada do Campeonato Distrital da Divisão de Honra da Associação de Futebol de …

Comente este artigo