Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: 5400 inscrições para “Festival europeu de Folclore EUROPEADE”

Viseu: 5400 inscrições para “Festival europeu de Folclore EUROPEADE”

No ano em que Viseu se declara “Cidade Europeia do Folclore”, recebe o maior, mais relevante e mais histórico dos eventos europeus de etnografia e folclore: o EUROPEADE.

O evento conta com cerca 5400 participantes inscritos, de 203 grupos, provenientes de 24 países europeus. Durante 5 dias, estes ocuparão as praças, ruas e jardins da cidade criando uma verdadeira montra viva da diversidade e riqueza cultural das tradições europeias.

O evento contagiou Viseu e os seus grupos, que responderam ao desafio, fazendo desta a região com maior representação no Festival. Dos 25 grupos portugueses inscritos, 16 são “filhos da terra”.

Do resto da Europa, participam 40 grupos de Espanha, 22 grupos da Alemanha, 18 grupos de França, 15 grupos da Bélgica, 13 grupos da Letónia, 12 grupos da Estónia e da Finlândia, 10 grupos de Itália, 8 grupos da Hungria, 3 grupos da Suécia, da Eslovénia, da Suíça, do Chipre e da Polónia, 2 grupos da República Checa, da Lituânia, da Roménia, e da Eslováquia, e 1 um grupo em representação da Irlanda, da Rússia, da Bulgária, do Luxemburgo e da Áustria.

Para o presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “Viseu elegeu o desígnio de revitalizar e valorizar as suas tradições e a sua cultura popular. É uma aposta central na estratégia de desenvolvimento patrimonial e cultural, que nos distingue. A forte adesão das coletividades de Viseu ao projeto e ao festival é o melhor sinal da oportunidade desta aposta.”

Durante 5 dias, Viseu vestir-se-á com as cores da Europa e terá diversos espaços e recintos preparados para receber todos os que rumam à cidade-jardim para participar no EUROPEADE ou viver de perto o ambiente de festa e partilha associado ao evento.

 

Pode ver também

Autarca de Viseu contra a taxa municipal de Proteção Civil

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques (PSD), manifestou-se contra a taxa municipal de …

Comente este artigo