Teatro Viriato recebeu a final do 3.º Concurso Internacional de Guitarra de Viseu – Alive FM 89.9 FM – Viseu
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Teatro Viriato recebeu a final do 3.º Concurso Internacional de Guitarra de Viseu

Teatro Viriato recebeu a final do 3.º Concurso Internacional de Guitarra de Viseu

Depois de quase vinte dias de espetáculos, chegou ao fim a décima primeira edição do Festival Internacional de Música da Primavera de Viseu. O último dia deste festival que se dedica às várias vertentes da música clássica, mas também à criação contemporânea, aconteceu no Teatro Viriato que recebeu a final do 3.º Concurso Internacional de Guitarra de Viseu.

Neste concurso, um júri internacional de sete elementos, com o eslovaco Jozef Zsapka a presidir, conduziu duas eliminatórias até reduzir os concorrentes, oriundos de países tão distantes como Canadá, Roménia, Itália, Japão, Ucrânia, França, Reino Unido e Portugal, a quatro finalistas.

O objetivo era encontrar alguns dos mais prodigiosos intérpretes neste instrumento estando em jogo 13.500€ em prémios monetários. O primeiro classificado, além de vencer 8.000€, garantiu ainda 4 espetáculos para 2019, nomeadamente no Festival de Guitarra J. K. Mertz na Eslováquia; no Festival de la guitarra de Sevilla em Espanha; no Festival Guitar´essonne  em França (2019) e ainda na próxima edição deste mesmo festival.

A noite aguacenta não se fazia sentir no interior da sala, que encheu para escutar os guitarristas, primeiro tocou o italiano Nicola Montella, segui-lhe Gian Marco Ciampa, também de Itália. Depois de um curto intervalo, tocou Taiki Matsumoto do Japão, foi o único participante do continente asiático a chegar à final. Por fim, vindo da Ucrânia, subiu ao palco Marko Topchii. Cada um dos participantes escolheu as peças a interpretarem e fizeram-no com rara destreza.

Enquanto o júri deliberou, demoradamente, foram recolhidos e contados os votos do público. Cada um dos mais de 200 espetadores deu a sua opinião e Marko Topchii recebeu o primeiro prémio da noite que viria a acumular com o primeiro lugar atribuído pelo Júri. Gian Marco Ciampa classificou-se em segundo lugar e Nicola Montella em terceiro. Taiki Matsumoto foi distinguido com uma menção honrosa.

Embora nenhum português tenha chegado à final, João Robim Rocha destacou-se nas suas interpretações e foi distinguido com o prémio de Melhor Português na competição.

Este concurso, sendo bienal, regressa apenas em 2020, mas já em 2019 tem lugar o 3.º Concurso Internacional de Piano de Viseu. Com os mesmos objetivos e prémios semelhantes, mantém-se a promessa de que Viseu continuará a acolher excelentes músicos do panorama internacional musical.

Para a memória desta edição, além desta final ficam os concertos de Mário Laginha com Pedro Burmester, de Sérgio e Odair Assad, das várias Orquestras: Orquestra XXI e Coro Gulbenkian; Orquestra Filarmonia das Beiras e Quarteto de Cordas 4GV; Orquestra Juvenil de Viseu com Coro do Conservatório e participação especial de Elisabete Matos e de tantos outros que fizeram de uma primavera sobretudo chuvosa, algo especial.

 

 

Pode ver também

Jovem morre afogado na barragem da Aguieira

Um jovem foi encontrado morto às 00:30 de hoje depois de se ter afogado na …

Comente este artigo