Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Seis dos doze mortos no acidente em França eram do distrito de Viseu

Seis dos doze mortos no acidente em França eram do distrito de Viseu

O presidente da Câmara de Sernancelhe anunciou hoje que três das doze vítimas mortais do acidente ocorrido perto de Lyon, em França, eram naturais do concelho, mas uma delas tinha casado no concelho vizinho de Trancoso.

Em declarações à agência Lusa, Carlos Silva Santiago disse que, à hora de almoço, soube que entre as vítimas do acidente registado na estrada nacional 79, na localidade de Moulins, departamento francês de Allier, está um casal e um seu familiar naturais de Arnas.

“Essas três vítimas estão confirmadas. É um casal e um cunhado. Esse cunhado (irmão da mulher) era natural de Arnas, mas casou em Palhais, uma aldeia que fica perto, só que já pertence ao concelho de Trancoso”, explicou.

O autarca disse haver “informações de que eles vinham à comemoração dos 90 anos da sogra e aproveitavam para passavam a Páscoa”, desconhecendo da mãe de quem se trata.

Segundo Carlos Silva Santiago, está a ser difícil obter mais informações, devido à falta de rede de telemóvel na aldeia, e, por isso, vai deslocar-se para o local para perceber de que forma a autarquia poderá ajudar a família.

“A Câmara estará à disposição dos familiares para tudo o que for preciso, desde que não colida com o que já está a ser feito pela secretaria de Estado, porque nós temos é que abreviar as coisas e não arranjar complicações”, frisou.

Fernando Ricardo, que durante quatro mandatos foi presidente da Junta de Freguesia de Arnas, afirmou à Lusa que se vive um momento de “grande consternação” na aldeia.

“Arnas é uma freguesia pequena, as pessoas conhecem-se todas a tratam-se todas como se fossem da família”, contou.

O antigo autarca disse que os três “já estavam emigrados há muitos anos”, mas regressavam com frequência à terra natal.

“O José Manuel e a Amélia vinham cá amiúde, duas a três vezes por ano, até porque cá tinham casa. O João, que era irmão da Amélia, estava casado em Palhais, mas também cá costumava vir”, acrescentou.

Um homem com 39 anos, uma mulher de 28 anos e uma criança de sete anos – são oriundos do concelho de Cinfães do Douro.

Os 12 portugueses, com idades entre os 7 e os 63 anos, morreram na sequência de um choque frontal entre a carrinha em que seguiam e um veículo pesado, cerca das 23:45 de quinta-feira.

O veículo em que seguiam os portugueses saiu da Suíça cerca das 21:00 de quinta-feira, e teria como destino Portugal.

Alive FM / Lusa

 

Pode ver também

Palácio do Gelo e Forum Viseu encerram maioria das lojas

A maioria das lojas do Palácio do Gelo e do Forum Viseu estão a fechar …

Comente este artigo