Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sátão recebe mais de cem expositores para a “Feira do Míscaro”

Sátão recebe mais de cem expositores para a “Feira do Míscaro”

O Município de Sátão organiza este fim-de-semana a 12ª edição da “Feira do Míscaro” a decorrer no Largo de S. Bernardo.

A programação deste ano estende-se por dois dias, amanhã às 3 da tarde a Casa da Cultura de Sátão, recebe um Ciclo de Conferências.

Paulo Santos, presidente da câmara de Sátão, aponta a importância e o objetivo das conferências integradas na programação da “Feira de Míscaro” de Sátão

A “Feira do Míscaro” tem vindo ao longo dos anos a promover e a divulgar os produtos endógenos e gastronómicos do concelho, a par deste certame o autarca diz que para 2019 está a ser equacionada a ideia de implementar na vila de Sátão um mercado municipal de promoção e comercialização dos produtos ao longo do ano.

Ao longo dos dois dias da “Feira do Míscaro” os restaurantes da vila associam-se à iniciativa, onde os visitantes podem apreciar os mais variados pratos confecionados à base de míscaros.

No recinto do Largo de São Bernardo, vão estar mais de 100 expositores, a edição deste ano salienta o autarca Paulo Santos, vai ter o dobro dos produtores das anteriores edições e mesmo assim o município teve de recusar várias inscrições.

Com a chuva dos últimos dias o autarca de Sátão diz não ter dúvidas que este ano vão ser comercializadas várias centenas de quilos de míscaros, contribuindo para impulsionar a economia local.

A programação de domingo, começa às 10 da manhã onde os visitantes poderão comprar os míscaros, bem como o mais variado artesanato do concelho exposto no certame.

Às 11h30 da manhã e às 3 da tarde prova de míscaros, acompanhada de pão e vinho do Dão.

Às 14h30 o Rancho Folclórico de São Miguel de Vila Boa atua no espaço da feira e às 15h30 sobe ao palco o grupo musical Minhotos Marotos & Cláudia Martins.

Às 16h30 é oferecido pela autarquia de Sátão o tradicional magusto de S. Martinho.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo