Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sátão assinalou os 45 anos da “Revolução dos Cravos” de 25 de abril de 1974

Sátão assinalou os 45 anos da “Revolução dos Cravos” de 25 de abril de 1974

Assembleia e câmara municipal de Sátão, assinalaram os 45 anos após a “Revolução dos Cravos” de 25 de abril de 1974.

Conquista da liberdade e da democracia, dominaram os discursos dos responsáveis políticos do concelho de Sátão.

Eugénia Duarte, presidente da Assembleia Municipal, realçou a importância de lembrar aos jovens as conquistas do 25 de abril.

Após os 45 anos da conquista da liberdade, em dia de assinalar o 25 de abril, Eugénia Duarte, salientou que “cabe a cada um de nós a responsabilidade de construir um país mais justo”.

Paulo Santos, presidente da câmara de Sátão, salientou que a conquista do 25 de abril de 1974, não deve ser proclamada “como um trunfo”.

Com a conquista da liberdade e da democracia, o presidente da câmara de Sátão, salientou que está nas mãos dos autarcas democraticamente eleitos, proporcionar as melhores condições de vida às populações.

Sérgio Ferreira, deputado de PSD na Assembleia Municipal de Sátão, lembrou que após 45 anos de democracia, as assimetrias entre o litoral e o interior e a coesão territorial, continuam a duas velocidades.

Elisabete Barbara, deputada do PNT na Assembleia Municipal de Sátão, recordou que os homens e as mulheres que lutaram pela democracia, deixaram a liberdade como um “tesouro” que não “devemos deixar fugir”.

Luís Quental, deputado do partido Avante Todos pelo Sátão, em dia de comemorações do 25 de abril, referiu que “hoje há um uso excessivo da liberdade”.

Autarcas e Satenses assinalaram os 45 anos do 25 de abril, a cerimónia decorreu no salão nobre da câmara municipal.

 

Pode ver também

Abóbora com 65 quilos vence Festival da Abóbora em Moimenta da Beira

A abóbora mais pesada, com 65 quilos, veio da quintinha de Inácio Teixeira, de Moimenta …

Comente este artigo