Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / São Pedro do Sul sem ambulância “é uma realidade que está a ser resolvida”
Vitor_Figueiredo_CM_sao_pedro_sul

São Pedro do Sul sem ambulância “é uma realidade que está a ser resolvida”

 

A falta de médicos ontem durante toda a tarde, no Centro de Saúde de São Pedro do Sul, motivou a Comissão Política do PSD do concelho a um comunicado. Pedro Soares afirma que a “situação se tem repetido frequentemente” e que “demonstra um total desrespeito e negligência (…) para com as pessoas de São Pedro do Sul.

As principais críticas vão para o actual autarca da câmara porque consideram que não tem tido o cuidado e firmeza também para fazerem chegar uma ambulância com suporte imediato de vida à população.

Pedro Soares afirma estar farto de enganos e folclore.

Vítor Figueiredo, Presidente da Câmara de São Pedro do Sul, ironizou o comunicado do dizendo que o PSD deve andar adormecido.

O autarca admite que os problemas existem, mas não pode aceitar que digam que o assunto não esteja a ser resolvido porque há provas concretas do contrário.

Vítor Figueiredo explica a resolução do problema quanto à ambulância está do lado do INEM e quanto à contratação de médica do lado da ARS Centro.

Desde 2013, que o Serviço de Urgência Básica de São Pedro do Sul mantém esta falha. Até agora, o socorro tem sido garantido pelos bombeiros de concelhos vizinhos.

 

Na reunião de câmara de 23 de fevereiro, foi aprovada a proposta apresentada pelo executivo para o financiamento das obras de adaptação no edifício do Centro de Saúde de S. Pedro do Sul para colocação da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV).

De acordo com o Despacho n.º 5561/2014, do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, todos os Serviços de Urgência Básica (SUB) devem integrar uma viatura SIV no que aos meios de emergência pré-hospitalar diz respeito.

Após diversos contactos estabelecidos com o INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) e com a Administração Regional de Saúde do Centro (ARS) está prevista para breve a colocação da ambulância SIV no concelho, sendo necessário efetuar obras de adaptação no Centro de Saúde para o seu funcionamento logístico e de apoio aos recursos humanos afetos a este equipamento.

Não havendo capacidade e disponibilidade imediata por parte da ARS Centro para efetuar esta intervenção, a Câmara Municipal deliberou suportar o custo das referidas obras para que a colocação da ambulância SIV seja mais célere.

 

Pode ver também

psp2

2 detidos pela PSP por conduzirem alcoolizados

A Polícia de Segurança Pública de Viseu, no dia 21 do corrente mês e ano, …

Comente este artigo