Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / PCP Viseu: Município de Mangualde “apaga” comemorações do 25 de Abril

PCP Viseu: Município de Mangualde “apaga” comemorações do 25 de Abril

Carta aberta ao presidente da câmara de Mangualde.

No passado dia 22 de Abril de 2019, Fernando Campos, eleito da CDU na Assembleia Municipal de Mangualde, dirigiu ao Presidente da Câmara uma “carta aberta”, questionando sobre o cumprimento de uma recomendação levada por si à Assembleia Municipal, propondo que a câmara associasse o municipio de Mangualde às comemorações do 45º aniversário do 25 de abril.

Nem houve resposta, nem o Presidente da Câmara de Mangualde, ao contrário dos seus congéneres de todo o País, quis o Município envolvido em actos públicos de Comemoração da data libertadora do 25 de Abril, no seu 45º Aniversário, o que se lamenta.

Da nossa proposta e do silêncio e omissão da Câmara, queremos dar conta à população de Mangualde:

Exmº Senhor Presidente da Câmara

Esta minha missiva, tem como objectivo principal, obter informação por parte de Vª Exª, sobre a Recomendação por mim apresentada na Sessão Ordinária da Assembleia Municipal de Mangualde, realizada a 28/02/2019, propondo, concretamente, que a Câmara Municipal levasse a cabo um conjunto de iniciativas que valorizassem a celebração no concelho do 45º Aniversário da Revolução do 25 de Abril.

Constavam dessa Recomendação:

1 – A realização de uma Sessão Solene Comemorativa, aberta à população; 2 – Que se procedesse nessa Sessão Solene à Homenagem a democratas do concelho que se tivessem destacado na luta para que Portugal se tornasse um país de liberdade, democracia, progresso social, económico e cultural; 3 – Para a lista de eventuais homenageados a CDU propôs os nomes da emérita pedagoga e cidadã, Teresa Cruz e do antifascista, médico e humanista (a título póstumo) Diamantino Furtado.

Não tendo, até ao momento, recebido qualquer Convocatória ou informação que indicie o cumprimento das propostas contidas na  citada Recomendação, solicito me seja informado por Vª Exª, se houve alguma falha de comunicação relativamente ao anúncio do seu cumprimento ou se, a Câmara, decidiu pura e simplesmente ignorar a Recomendação e a evocação da data imorredoira do 25 de Abril de 1974 e a memória dos democratas que a tornaram possível?

Ficando a aguardar uma resposta, renovo os meus cumprimentos.

 

Pode ver também

Regeneração urbana da vila e das aldeias são as grandes apostas da Câmara de Vila Nova de Paiva para 2020

O Município de Vila Nova de Paiva, aprovou os documentos das Grandes Opções do Plano …

Comente este artigo