Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Organização de concentração de telescópios do país quer voltar a bater o recorde em Moimenta da Beira

Organização de concentração de telescópios do país quer voltar a bater o recorde em Moimenta da Beira

Em apenas dez dias inscreveram-se 43 telescópios e 106 pessoas. E ainda faltam dois meses para o arranque do evento (12 e 13 de maio). É o prenúncio do recorde que a organização da 6ª Concentração de Telescópios em Moimenta da Beira quer voltar a bater, depois dos máximos obtidos na penúltima edição, em 2014: 76 telescópios e 254 participantes.

“A nossa iniciativa está a ser divulgada junto de todos os Astrónomos, Grupos de Astronomia, Observatórios, Centros de Ciência Viva, Escolas e Comunicação Social, e estamos a contar com a presença de cerca de 300/350 pessoas e um número superior a 76 telescópios, batendo o nosso recorde de 2014”, afirma Paulo Sanches, o criador e impulsionador do evento. Se conseguir, o maior ajuntamento de telescópios que se realiza no país, ainda se agigantará mais. Tudo num ano em que a organização vai tentar internacionalizar a iniciativa, convidando para esse efeito algumas Associações de Astronomia Espanholas, próximas do nosso eixo fronteiriço.

A primeira Concentração de Telescópios em Moimenta da Beira foi realizada em 2009, ano em que se comemorava o Ano Internacional da Astronomia, e a segunda no ano seguinte. Depois, a periodicidade passou a bianual: 2012, 2014, 2016 e agora a de 2018, no fim-de-semana de 12 e 13 de maio. A organização é do Clube das Ciências da Escola Básica e Secundária de Moimenta da Beira, com o apoio da Câmara Municipal.

Paulo Sanches diz que o evento persegue vários objetivos, “sendo os principais: divulgar a Astronomia junto da comunidade; concentrar o maior número de telescópios num só evento ou local; dar a conhecer o céu ‘escuro’ da região; promover o concelho de Moimenta da Beira a nível nacional e internacional; e fomentar o conhecimento e convívio entre Astrónomos”.

Do programa desta 6ª edição destaca-se a participação oral do investigador Alexandre Cabral, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço; dos representantes de algumas Associações/Grupos de Astronomia, nomeadamente de Lisboa (Licínio Almeida), Aveiro (José Matos) e Vila Nova de Gaia (Carlos Soares e Luís Lopes). A organização conta ainda com a colaboração da Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores.

Os locais de realização da Concentração de Telescópios serão o Auditório Municipal Padre Bento da Guia e o recinto do Santuário de São Torcato, em Cabaços, onde será realizada uma Observação Noturna do Céu, aberta a toda a comunidade.

Na edição deste ano, o programa vai contemplar ainda a realização de um Passeio científico-cultural pelo concelho de Moimenta da Beira durante a manhã e tarde de domingo, incluindo uma visita ao Sistema Solar à escala do concelho e à Fundação Aquilino Ribeiro.

 

Pode ver também

Marchas populares de Mangualde

Este domingo, 17 de junho, as ruas mangualdenses vão, mais uma vez, encher-se de cor, …

Comente este artigo