Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Nova variante entre o IP5 e a Zona Empresarial do Mundão com impactos negativos no ambiente

Nova variante entre o IP5 e a Zona Empresarial do Mundão com impactos negativos no ambiente

Os Verdes questionaram o Governo sobre o novo traçado delineado para a construção de uma variante que via ligar o antigo Itinerário Principal 5 à Zona Empresarial do Mundão, em Viseu, e sobre os impactos no ambiente e na população.

Em comunicado, os Verdes, salienta que o traçado previsto para a variante à Estrada Nacional (EN) 229, entre e o IP5 e a Zona Empresarial do Mundão, apresenta impactos negativos ao nível ambiental e económico.

Os Verdes, questionaram o Governo após contestação dos proprietários dos terrenos, que já avançaram com um abaixo-assinado, salientou à Alive Fm, Miguel Martins do Partido Ecologistas Os Verdes, de Viseu.

Segundo este partido, “o projeto da variante atravessa áreas da Reserva Agrícola Nacional (RAN) e da Reserva Ecológica Nacional (REN)” e, neste sentido, quer saber se “há alternativa e, se sim, quais as desvantagens face ao projeto atual”.

Os Verdes, refere que “os proprietários consideram que existem outras soluções mais viáveis fora da RAN e REN, em particular mais a sul, com menos impactos ambientais e económicos e sem comprometer a qualidade de vida da população”.

Após as preocupações dos proprietários dos terrenos, Os Verdes já questionaram o Ministério do Ambiente.

Os Verdes questionaram o Ministério do Ambiente, sobre o novo traçado para a construção da variante que vai ligar o antigo Itinerário Principal 5 à Zona Empresarial do Mundão, em Viseu, e sobre os impactos no ambiente e na população

Para os Verdes, “no projeto está previsto o corte, redução e eliminação de vários terrenos agrícolas, tornando-os muito pouco produtivos e inviáveis economicamente, e a construção de taludes, prevendo-se impactos relevantes, em particular com a alteração da morfologia do solo e ensombramento dos terrenos”.

O partido lembra que o traçado proposto “tem merecido a contestação da população local, sobretudo no que concerne aos primeiros 1.400 metros”, tendo já levado os habitantes a promover um abaixo-assinado dirigido à Infraestruturas de Portugal e à Câmara Municipal de Viseu.

 

Pode ver também

Mel de Pendilhe, Vila Nova de Paiva com certificação de qualidade

Na quinta edição da “Feira do Mel e Artesanato” de Pendilhe, que decorreu este domingo …

Comente este artigo