Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Nelas: Ribeira da Pantanha há vários anos exposta a descargas poluentes

Nelas: Ribeira da Pantanha há vários anos exposta a descargas poluentes

O Partido Ecologista Os Verdes tem acompanhado de perto a evolução da Ribeira da Pantanha , no concelho de Nelas e a forma como tem sido exposta, há vários anos, a descargas de efluentes de origem industrial, em particular pela empresa Borgstena.

Em 2015, em consequência do agravamento das descargas na Ribeira da Pantanha a autarquia e a Agência Portuguesa do Ambiente encontraram uma solução transitória, até à conclusão da ETAR Nelas III, para minimizar os impactos das descargas de águas residuais resultantes da laboração daquela unidade fabril, com a emissão de uma licença provisória, mediante a aplicação de um conjunto de medidas por parte da empresa, em particular a construção de uma ETAR para o pré-tratamento dos efluentes produzidos e a adição de anti-espuma.

Após quatro anos, a Ribeira da Pantanha continua com elevados níveis de poluição salientou à Alive Fm, Miguel Martins do Partido Ecologista Os Verde de Viseu.

O Partido Ecologista Os Verdes voltou a visitar esta ribeira na zona de Canas de Senhorim em Nelas, onde os Ecologistas constataram que as águas da ribeira, que desaguam no rio Mondego junto às Caldas da Felgueira aparentam continuar com uma carga poluente elevada.

Na última pergunta endereçada ao Governo, em fevereiro de 2017, Os Verdes pretendiam saber se as medidas previstas na Licença (provisória) de Utilização dos Recursos Hídricos, Rejeição de Águas Residuais, emitida pela APA, tinham ou não sido totalmente implementadas e se a sua execução tinha atingido os resultados previstos uma vez que as águas da ribeira da Pantanha aparentavam continuar poluídas.

Os Verdes questionam ainda para quanto está prevista a entrada em funcionamento da no ETAR Nelas 3, para tratar os efluentes da empresa Borgstena.

O Partido Ecologista Os Verdes realçam ainda que apesar das medidas implementadas de acordo com a licença provisória, a verdade é que, segundo os Ecologistas, as águas da ribeira da Pantanha, em Nelas, continuam a correr poluídas prejudicando o ambiente e o ecossistema local, afetando a própria atividade económica e turística, o curso de água atravessa também as termas das Caldas da Felgueira, uma das mais importantes estâncias termais do país.

 

Pode ver também

Investigadora Inês Calderón Medina é vencedora do Prémio A. de Almeida Fernandes 2019

“Los Soverosa” é a primeira obra de uma autora espanhola a ser premiada pelo Município …

Comente este artigo