Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Nelas: Covercar não está a cumprir acordos com os trabalhadores

Nelas: Covercar não está a cumprir acordos com os trabalhadores

O Bloco de Esquerda de Viseu, questionou o Ministério do Trabalho e Segurança Social, depois de ter recebido alegadas violações dos direitos do trabalhadores na empresa têxtil Covercar de Canas de Senhorim concelho de Nelas.

De acordo com as denúncias, a política de contratação da empresa, que está instalada em Portugal há 10 anos, é a de não respeitar a efetivação do pessoal, contornando a vinculação e o reconhecimento de contratos sem termo, mesmo para necessidades permanentes,

realça o Bloco de Esquerda de Viseu. que, a Covercar recorre continuamente a contratos precários, havendo funcionários que já foram admitidos e despedidos inúmeras vezes para postos de trabalho semelhantes.

depois do ultimo requerimento de 9 de maio deste ano, os Bloquista denunciam que a empresa não vai renovar cerca de 70% dos contrartos de trabalho, dos 200 trabalhadores, apenas 30% vão garantir a laboração da empresa, como salientou à Alive Fm Diego Garcia do Bloco de esquerda de Viseu.

Os Bloquisatas acreditam que a empresa Coverca vai passar a maioria da produção da empresa para Marrocos, onde a mão de obra é mais barata.

A câmara de Nelas financiou a instalação da Covercar em meio milhão de euros, com o objetivo de a empresa criar e manter os postos de trabalho, mas segundo o Bloco de esquerda de Viseu, por parte da Covercar o acordo não está a ser cumprido

Os funcionários da Covercar estão apreensivo e inseguros que ao seu futuro na empresa.

Perante as denúncias dos trabalhadores da Covercar que vai reduzir a mão de obra em 70% na fábrica de Canas de Senhorim no concelho de Nelas, o Bloco de Esquerda de Viseu, questionou novamente o governo, para saber que medidas pretende o Ministério do Trabalho e Segurança Social, encetar para garantir o total cumprimento dos acordos e das contrapartidas antes da empresa ter dado inicio à laboração.

 

Pode ver também

Sátão na 2ª posição a nível do distrito de Viseu com menor indicie de dívida

No “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses” que monitoriza a eficiência do uso dos recursos públicos …

Comente este artigo