Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Município de Vouzela vai integrar rede internacional de Bio Regiões

Município de Vouzela vai integrar rede internacional de Bio Regiões

O Município de Vouzela vai integrar a rede internacional de Bio Regiões, um projeto de âmbito europeu, criado em 2009 pela associação italiana de agricultura biológica e que abrange regiões como Cilento (Itália), a primeira Bio Região, Biovallé (França) ou Mühlviertel (Áustria).

O grande objetivo desta rede passa pelo desenvolvimento de atividades de sustentabilidade ambiental nos territórios, não só ao nível da produção biológica, mas com o envolvimento consciente de toda a comunidade local, desde agricultores, produtores, consumidores, escolas, operadores turísticos e instituições.

Para o Município de Vouzela está é uma oportunidade valiosa, porquanto vai de encontro à estratégica de promoção e desenvolvimento do território, nomeadamente nas áreas da sustentabilidade, agricultura biológica, pecuária, economia verde, energia, ecoturismo/turismo de natureza, inclusão social e setor agroalimentar.

“É uma forma de valorização de produtos típicos, tradicionais, endógenos, cada vez mais procurados pelos consumidores e que acrescentam valor à economia local”, adianta Rui Ladeira, presidente da Câmara Municipal de Vouzela.

“A agricultura biológica ocupa, atualmente, um espaço importante no setor agroalimentar, sendo necessário que os agricultores entendam que hoje é possível produzir este tipo de produtos e de agricultura a custos controlados, permitindo o acesso a estes produtos a cada vez mais público e um escoamento maior para esses mesmos produtos”, esclarece o autarca que vê neste projeto uma excelente oportunidade para os produtos endógenos do concelho, como é o caso da vitela de Lafões ou os frutos vermelhos.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo