Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Município de Viseu assina protocolo com Governo Cabo-Verdiano

Município de Viseu assina protocolo com Governo Cabo-Verdiano

O Município de Viseu e o Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Industrias Criativas, assinaram um protocolo de cooperação para a geminação dos festivais literários e para a abertura de um canal de contacto regular nas áreas da valorização da língua e da literatura portuguesas, das trocas culturais e artísticas locais e na promoção dos destinos turísticos culturais e patrimoniais.

O acordo foi assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e o Ministro da Cultura e das Industrias Criativas, Abraão Vicente, em Cabo Verde.

Almeida Henriques autarca de Viseu diz que se “Abre-se assim uma cooperação inédita entre o Município de Viseu e Cabo Verde, que fortalece simultaneamente os laços culturais da comunidade lusófona e as agendas de valorização e promoção das artes e da literatura. É uma ponte estratégica de solidariedade e de trocas”.

Esta ponte estratégica, que tem associado um plano de trabalhos regular, é o resultado de mais de meio ano de trabalho entre o Pelouro da Cultura do Município de Viseu e o Ministério da Cultura e Industrias Criativas cabo-verdiano, que permitiram identificar áreas-chave de cooperação e promoção comum.

Através deste protocolo, fica garantida a participação no próximo “Tinto no Branco – Festival Literário de Viseu” (que decorre de 7 a 9 de dezembro) do Prémio Camões 2018, de nacionalidade cabo-verdiana, Germano Almeida, e do Ministro da Cultura (também ele escritor), Abraão Vicente.

“A geminação dos festivais literários Morabeza e Tinto no Branco representam um passo importante na internacionalização destes eventos e na valorização de Viseu e Cabo Verde como destinos de turismo cultural. Esta semente de cooperação está e multiplicar-se e dará origem já em 2019 a novas parcerias noutros setores culturais”, realçou o vereador da cultura da câmara de Viseu Jorge Sobrado.

 

Pode ver também

PSD e CDS acusam PCP de “enviesamento demagógico” e de “agitar fantasmas” sobre museu Salazar

O parlamento condenou a criação de um museu dedicado a Salazar em Santa Comba Dão, …

Comente este artigo