Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Mangualde acolhe “Prove Viseu Dão Lafões” pela primeira vez

Mangualde acolhe “Prove Viseu Dão Lafões” pela primeira vez

A terceira edição do Prove Viseu Dão Lafões, que se realiza pela primeira vez em Mangualde, começa hoje e propõe até sábado animação musical, conversas sobre vinho e demonstração de cozinha ao vivo com três chefs.

A terceira edição do Prove Viseu Dão Lafões conta com a presença dos chef  e Diogo Rocha, e da ‘chef’ Cristina Manso Preto, que farão demonstrações de cozinha ao vivo.

Hoje, a demonstração de cozinha ao vivo é com o chef Diogo Rocha e acontece às 21:00. Às 19:00, há uma conversa sobre o vinho, neste caso sobre o Encruzado, “a casta que faz brilhar os brancos do Dão”, considera a organização no programa do evento.

A cozinha ao vivo com os ‘chefs’ está agendada, nos últimos dois dias, para as 18:30: na sexta-feira é Chakall quem assume o comando do fogão e no sábado é Cristina Manso Preto a apresentar as suas iguarias.

Também na sexta-feira e no sábado, as conversas sobre o vinho realizam-se às 15:30. Em cima da mesa, na sexta-feira, está o Touriga Nacional e no dia seguinte as conversas abordam a harmonia dos vinhos do Dão e dos produtos regionais.

Durante os três dias do evento há também novas conversas sobre os vinhos do Dão, desta vez sobre as suas características e a sua relação com a gastronomia da região, assim como com o queijo da Serra da Estrela.

O evento apresenta ainda, das 12:00 às 00:00, restaurantes e mercados gourmet abertos em permanência, e ao final do dia há concertos musicais.

O Prove Viseu Dão Lafões conta com um investimento de 75 mil euros, tendo um cofinanciamento do programa operacional “Centro 2020” em 85% (63,750 mil euros) e os restantes 15% (11,250 mil euros) são da responsabilidade da Câmara anfitriã, Mangualde.

 

Pode ver também

“Feira da Maçã Bravo de Esmolfe” a trilogia do queijo, vinho e maçã

A câmara de Penalva do Castelo organiza este domingo a 23ª edição da “Feira da …

Comente este artigo