Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Já estão definidos os preços dos voos Bragança / Portimão
images

Já estão definidos os preços dos voos Bragança / Portimão

O primeiro voo comercial da ligação aérea Bragança-Portimão está marcado para a manhã de quarta-feira, de acordo com o administrador da Aero Vip, Carlos Amaro, a companhia que assegurará a rota nos próximos três anos. O avião da nova linha regional Norte-Sul, com capacidade para 18 passageiros, vai descolar de Bragança pelas 07h30, fazendo escala em Vila Real, Viseu e Cascais, prevendo-se que atinja o destino algarvio às 10h05.

“Estamos com grande expectativa de que as pessoas vão aderir a isto. Vamos proporcionar, juntamento com o aeródromo de Cascais, um serviço de shuttle(transporte) à chegada até ao Marquês de Pombal”, referiu Carlos Amaro. Este serviço será gratuito para os passageiros, sendo que os custos são suportados pela empresa e pelo aeródromo de Cascais.

Na página da internet da empresa, já é possível comprar bilhetes, sendo que a tarifa base de ida e volta entre Bragança e Portimão ronda os 147 euros. Nas ligações intermédias a tarifa base, de ida e volta, entre Vila Real e Portimão ronda os 136 euros; entre Viseu e Portimão custará perto de 130 euros; no percurso Cascais-Portimão o bilhete de ida e regresso rondará os 105 euros. Nos percursos de ida e volta entre Bragança e Cascais o preço é de cerca 140 euros.

Quanto aos percursos mais curtos, os preços de referência (ida e volta) deverão aproximar-se dos 32 euros entre Bragança e Vila Real, dos 58 euros entre Bragança e Viseu e dos 32 euros entre Vila Real e Viseu.

A duração máxima prevista para as viagens entre Bragança e Cascais é de 01h40, sendo que o tempo total máximo de viagem entre Bragança e Portimão, com todas as escalas, não deverá ultrapassar as 02h50, no sentido descente, e ultrapassará as sete horas no sentido inverso.

Acarreira aérea terá, pelo menos, duas viagens de ida e volta diárias no período de verão (entre Março e Outubro), de segunda-feira a sábado. No Inverno, haverá um único voo diário de ida e volta, também de segunda a sábado.

A ligação foi concessionada por três anos e a empresa receberá do Estado, durante esse período de tempo, um total de 7,8 milhões de euros.

Esta concessão surge depois de, em Novembro de 2012, o Governo ter suspendido os voos entre Bragança, Vila Real e Lisboa (que já eram realizados pela Aero Vip), com o argumento de que Bruxelas não autorizava o financiamento directo de 2,5 milhões de euros por ano à operadora. No entanto, o modelo de financiamento directo à empresa continua a ser o mesmo.

Trás-os-Montes e Viseu aplaudem o regresso do avião
A Comunidade Intermunicipal (CIM) das Terras de Trás-os-Montes congratulou-se esta sexta-feira com o anúncio do regresso do avião que fará o voo comercial entre Bragança e Portimão. Também o presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, se congratulou com o arranque dos voos que considera contribuírem para a promoção turística e para a captação de investimento para a região.

Para poder fazer parte da linha aérea, o município de Viseu investiu cerca de 200 mil euros no seu aeródromo, em obras que ficaram concluídas no Verão.

O percurso será diferente do anterior – que vigorou durante 15 anos – e fazia a ligação Bragança/Vila Real/Lisboa.

A CIM Terras de Trás-os-Montes “congratula-se e aplaude o regresso do avião da nova linha regional Norte/Sul”, num comunicado assinado pelo presidente Américo Pereira. No mesmo comunicado, o presidente refere que “a carreira aérea é de extrema importância para a economia local e regional, além de aproximar localidades”, acrescentando que “é muito mais barato e fácil para os transmontanos poderem usar este transporte em alternativa à viatura, que tem custos acrescidos”.

Publico

 

Pode ver também

GNR Lamego

Detido por posse ilegal de arma de fogo

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Lamego, deteve ontem, …

Comente este artigo