Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Hospital de Viseu com visitas restringidas aos doentes devido ao vírus da gripe

Hospital de Viseu com visitas restringidas aos doentes devido ao vírus da gripe

O Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) anunciou que, devido ao aumento do número de casos de gripe, restringiu as visitas aos doentes internados e reforçar as medidas de controlo da infeção.

“Apenas será permitida a presença do acompanhante e de uma visita por doente e por turno de visita, com máscara de proteção, que lhe será gratuitamente disponibilizada no átrio do hospital”, refere o CHTV, em comunicado, esclarecendo que estas medidas têm “efeitos imediatos”.

Segundo o CHTV, “nos últimos dias, tem havido um aumento do número de doentes infetados com o vírus da gripe com necessidade de internamento” e “há doentes internados por outros motivos que desenvolveram, durante a sua permanência no hospital, infeção pelo vírus influenza A”.

Neste âmbito, os responsáveis hospitalares consideram ser “imprescindível, neste momento, restringir as visitas aos doentes internados e reforçar as medidas do controlo de infeção”.

O CHTV apela à compreensão e colaboração da população e dos utentes, acrescentando que o horário de visita se mantém das 14:00 às 18:00 aos sábados, domingos e feriados, e das 14:00 às 16:00 e das 18:00 às 20:00 nos restantes dias.

Já na quarta-feira, em conferência de imprensa, a diretora clínica do CHTV, Helena Pinho, tinha pedido às pessoas afetadas pela gripe para não visitarem os doentes no hospital, de modo a não os contagiar.

Segundo a responsável, apesar de o CHTV ter feito cartazes para sensibilizar as pessoas para esta situação, as visitas de pessoas com gripe continuam a ser recorrentes.

O “pico” do número de internamentos por gripe ocorreu no final da semana passada, com 52 doentes internados.

 

Pode ver também

Obras na sede da Banda Musical de Penalva do Castelo orçadas em 100 mil euros

Infiltrações no telhado, humidade e a falta de salas para ensaios, no edifício da coletividade …

Comente este artigo