Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Governo não fez estudo dos doentes oncológicos que morrem no trajeto entre Viseu e Coimbra

Governo não fez estudo dos doentes oncológicos que morrem no trajeto entre Viseu e Coimbra

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral, questionou novamente o Governo, se confirma o abandono do projeto de instalação do centro oncológico no Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) e o porquê de não estar contemplado no Programa de Investimentos na Área da Saúde.

Na pergunta enviada à ministra da Saúde, Hélder Amaral refere que, “nos últimos meses, são várias as notícias sobre o eventual abandono” do projeto do centro oncológico.

Em declarações à Alive Fm, o deputado centrista, diz não entender a posição do Governo socialista na instalação do centro oncológico de Viseu.

“O Centro Hospitalar Tondela-Viseu é uma instituição de saúde de referência na região Centro, que serve uma grande parte de municípios que, integrando o distrito de Viseu, estão ligados à Região Norte”, recorda Hélder Amaral, acrescentando que, “sendo uma unidade central tem, necessariamente, que ser dotado de uma série de recursos técnicos e humanos que lhe permitam responder às exigências”.

O deputado do CDS-PP lembra que, nos últimos anos, “sucessivos estudos confirmaram que seria positivo avançar-se com a criação de uma unidade de radioterapia no CHTV”, Hélder Amaral diz que os utentes de Viseu “não merecem ser enganados”.

O deputado centrista diz que há dinheiro para instalação o centro oncológico no Centro Hospitalar Tondela-Viseu, mas as prioridades politicas do atual Governo são outras, salienta Hélder Amaral.

Hélder Amaral, diz que o Governo ainda não fez o estudo dos doentes oncológicos que acabam por morrer no trajeto entre Viseu e Coimbra para terem acesso aos tratamentos, após o atraso da instalação do centro oncológico do Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

A responsabilidade da instalação do centro oncológico em Viseu é do Governo, mas o deputado do CDS PP, Helder Amaral, salienta que a administração do hospital também tem a responsabilidade e defender os interesses dos utentes.

Hélder Amaral refere que, no âmbito do Programa de Investimentos na Área da Saúde, “dez hospitais vão beneficiar de investimentos e, na lista publicada, não consta a criação de uma unidade de radioterapia no CHTV”.

Neste âmbito, o grupo parlamentar do CDS-PP “teme que o Governo tenha, de facto, abandonado este projeto, que seria da maior relevância para a população”.

 

Pode ver também

Investigadora Inês Calderón Medina é vencedora do Prémio A. de Almeida Fernandes 2019

“Los Soverosa” é a primeira obra de uma autora espanhola a ser premiada pelo Município …

Comente este artigo