Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Frota automóvel de apoio ao serviço domiciliário na região de Viseu está “velha”

Frota automóvel de apoio ao serviço domiciliário na região de Viseu está “velha”

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses queixou-se de que a frota automóvel na região de Viseu está velha e sem condições para prestar o apoio domiciliário.

Alfredo Gomes explicou em conferência de imprensa que, quando se fazem cuidados domiciliários, “os lixos e os limpos não têm circuitos separados, só há uma ou duas viaturas que o têm”, o que “é um problema grave de saúde pública”.

O sindicalista denunciou também a “falta de pagamento do subsídio de refeição para os enfermeiros que trabalham ao sábado”.

O diretor executivo do ACeS de Dão Lafões, António Cabrita Grade, confirmou aos jornalistas que, “de facto, a situação da frota automóvel é antiga e que apresenta algumas deficiências”

O diretor executivo do ACeS de Dão Lafões, António Cabrita Grade, acrescentou que espera estar em condições de “começar a ter capacidade para alguma substituição”, garantindo que “nunca nenhum serviço domiciliário ficou por fazer, porque eles são muito importantes e então há o recurso a táxis, mesmo que tenha um custo acrescido”.

“O número de motoristas também é em número diminuto, para as necessidades que temos. De qualquer maneira, toda e qualquer atividade assistencial que ao ACES é solicitada, até hoje, nunca foi posta em causa, até porque a assistência domiciliária para nós é uma prioridade”, assumiu.

António Cabrita Grade confirmou também que “não há separação do lixo, mas que a saúde pública não é posta em causa”.

 

Pode ver também

Covid-19: Vitivinícolas do Dão com “casos gravíssimos de liquidez”

Arlindo Cunha explicou que “os mercados estão todos parados e pararam de forma dramática”, como …

Comente este artigo