Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Drave: a Aldeia Mágica dos Escuteiros venceu as chamas
Fotografia de: Anita Afonso, Chefe do CNE
Fotografia de: Anita Afonso, Chefe do CNE

Drave: a Aldeia Mágica dos Escuteiros venceu as chamas

A Base Nacional dos Caminheiros, a Mítica Aldeia da Drave, também sofreu com os últimos incêndios do país. Não pertence ao distrito de Viseu, mas é a segunda casa de muitos escuteiros da nossa região.

Neste fim de semana, aquando uma actividade chamada “Sol a Sol”, 42 Caminheiros, do Corpo Nacional de Escutas, assistiram ao avançar das chamas.

Luís Rodrigues, da Equipa de Gestão da Base Nacional da IV, explicou que o fogo veio de Arouca, passou por São Pedro de Sul, subiu Covas do Monte, andou pelo Portal do Inferno e na sexta-feira chegou ao monte da Drave. Nesse dia, a aldeia teve de ser evacuada.

Com acessos difíceis, o Chefe lamenta a falta de bombeiros e refere que todo o combate foi feito pelos próprios escuteiros.

Luís Rodrigues diz que ainda assim, no meio de muito azar, tiveram muita sorte. Apesar de todo o terreno à volta ter ardido… a aldeia em si mantém-se intacta.

O incêndio foi dado como apagado no domingo mas ontem reacendeu com a intensidade do tempo. Aí sim, já contaram com duas ou três descargas de um meio aéreo.

Não é a primeira vez que a Aldeia Mágica vive este drama. Há cerca de 4 anos sofreu com um incêndio semelhante.

Por agora, o dirigente diz que a Drave, apesar do cenário negro à volta, não perde a magia.

No futuro é preciso puxar as mangas para trás e trabalhar no duro para revitalizar a aldeia. Nas palavras de Luís, “se fosse fácil não seria para nós”.

Peça de Maria Sousa/AliveFm

 

Pode ver também

20914417_853182834843944_8070914573427132485_n

Festas de São Bernardo em Sátão juntaram mais de 45 mil pessoas diz autarquia

  Cultura, desporto, música e muita animação foram os ingredientes que estiveram presentes nas Festas …

Comente este artigo