Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Deputado do CDS acusa ministra de “má vontade” no caso da oncologia em Viseu

Deputado do CDS acusa ministra de “má vontade” no caso da oncologia em Viseu

O presidente do CDS Viseu, Hélder Amaral, diz que a atual situação da oncologia no hospital Tondela – Viseu, que os médicos dizem estar em rutura, não acontece por falta de dinheiro, mas sim por má vontade da ministra da Saúde.

Hélder Amaral afirmou que “não é aceitável que o Governo gaste dinheiro noutras áreas menos importantes e não dote o centro hospitalar de Viseu e de outras regiões por todo o país de meios de recursos humanos e equipamentos para servir” as pessoas.

O responsável da estrutura distrital do partido considerou que “é inaceitável esta situação”, tendo em conta o que o Governo “vai gastar, quer no Metro de Lisboa, quer no do Porto.

Hélder Amaral diz ainda “que é uma falta de respeito para com os doentes e com o Serviço Nacional de Saúde e para com os contribuintes que pagam impostos para terem serviços mínimos de qualidade”, nomeadamente na área da saúde.

Realça o centrista, que “não se faz um centro oncológico de um dia para o outro, mas não é aceitável é que o Governo não faça o mínimo, que é garantir os recursos humanos e as condições para garantir que, o que existe hoje, funcione e não esteja no estado de rutura em que se encontra”.

 

Pode ver também

CDS querem saber qual “o verdadeiro calendário” de obras no IP3

Os presidentes das distritais do CDS de Coimbra e de Viseu querem saber “qual o …

Comente este artigo