Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Depois do incêndio Beiragel quer retomar atividade em breve

Depois do incêndio Beiragel quer retomar atividade em breve

A administração da empresa de produtos alimentares congelados Beiragel, de Viseu, que sofreu um incêndio, anunciou que pretende retomar a sua atividade “no mais curto espaço de tempo”.

A administração está a “reunir com entidades locais para avaliar a possibilidade de iniciar de imediato a reconstrução do edifício, bem como a reposição de stocks, para permitir retomar a atividade no mais curto espaço de tempo”, referiu a administração da empresa em comunicado

Um incêndio de grandes dimensões deflagrou na Beiragel – Produtos Alimentares Congelados SA, que está localizada na freguesia de S. João de Lourosa, no concelho de Viseu, junto à Estrada Nacional 231, e tem 87 funcionários.

Segundo a administração, “a essa hora a empresa encontrava-se encerrada, pelo que não há vítimas a lamentar”.

A administração está “ainda a avaliar os prejuízos, pelo que não é possível quantificar os mesmos”, refere, acrescentando que as instalações e o recheio se encontram cobertos pelo seguro.

A Polícia Judiciária já está a averiguar as causas do incêndio na Beiragel, que se dedica ao comércio e transformação de produtos alimentares congelados.

O segundo comandante dos Bombeiros Municipais de Viseu, Rui Nogueira, explicou aos jornalistas que o incêndio atingiu “uma área de cerca de três mil metros quadrados, com muito material que logo de início começou a arder com bastante intensidade”.

 

Pode ver também

Sátão na 2ª posição a nível do distrito de Viseu com menor indicie de dívida

No “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses” que monitoriza a eficiência do uso dos recursos públicos …

Comente este artigo