Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Delfins e Ana Moura na Feira de São Mateus 2020

Delfins e Ana Moura na Feira de São Mateus 2020

Certame de Viseu apresentou em Madrid novas confirmações para o cartaz de 2020: a fadista Ana Moura e a banda Delfins.

A VISEU MARCA anunciou para a Feira de São Mateus 2020 uma “dose dupla” de espetáculos com forte ADN da portugalidade. A fadista Ana Moura e os Delfins, a banda histórica de pop/rock português, irão subir ao palco da Guardiã das Feiras Populares nas noites de 15 de agosto e 12 de setembro, respetivamente.

Na FITUR (Feira Internacional de Turismo de Madrid), o certame de Viseu anunciou um ícone do fado, fortemente acarinhado em Espanha, e o mítico grupo que, recentemente, divulgou o seu regresso aos palcos nacionais para um leque reservado e seletivo de atuações.

Ana Moura subiu ao palco da Guardiã das Feiras Populares em 2018 e fez a delícia de todos os amantes de fado, em Viseu. Neste regresso, a cantora, que já percorreu vários palcos internacionais, promete voltar a encantar com os seus principais êxitos, que integram os trabalhos “Desfado” (2012) e “Moura” (2015).

Uma década depois de dar por finda a sua atividade ao vivo, os Delfins assinalam os seus 35 anos de vida com uma digressão de cinco espetáculos que irão ter lugar em vários pontos do país. Miguel Ângelo, Fernando Cunha, Dora Fidalgo, Rui Fadigas, Luís Sampaio e Jorge Quadros integram a formação que irá recordar o cancioneiro de grandes hinos do pop nacional, como “Sou Como um Rio” e “Nasce Selvagem”.

Para 2020, a Feira de São Mateus promete uma edição revivalista, que trará a Viseu nomes marcantes que fazem a banda sonora de várias gerações. Mão Morta e Jafumega são dois dos lendários grupos já confirmados, no dia 11 de setembro, aos quais se junta o fenómeno do funk brasileiro, Kevinho, a 14 de agosto. 

 

Pode ver também

Acidente: homem de 60 anos morre em despiste em Resende

Um homem com cerca de 60 anos morreu esta sexta-feira na sequência do despiste da viatura …

Comente este artigo