Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Comandante da ANPC acredita que plataforma intermunicipal poderá “salvar vidas”

Comandante da ANPC acredita que plataforma intermunicipal poderá “salvar vidas”

O comandante operacional nacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) disse que a plataforma de emergência e proteção civil das comunidades intermunicipais de Coimbra e Viseu Dão Lafões “podem salvar vidas”.

“Esta plataforma é fundamental para aquilo que é a gestão de toda a informação que há. Haver muita informação e ela não poder ser útil nem ser tratada é informação que não gera nenhuma decisão operacional em consonância”, apontou Duarte Costa.

O comandante falava aos jornalistas, em Tondela, distrito de Viseu, no final da apresentação pública da Plataforma de Emergência e Proteção Civil Intermunicipal (PEPCI), que contou com a presença do ministro da Administração Interna, afirmando que “o importante agora é que estas plataformas sejam expandidas o máximo possível por outras regiões”.

Segundo explicou, estas tipologias de plataformas têm sido desenvolvidas ao nível das câmaras e ao nível distrital, mas, agora “nesta perspetiva supramunicipal, é um fator primordial daquilo que é a integração dos meios para poder orientar o esforço daquilo que são os meios operacionais, quer numa atitude de prevenção, quer de previsão, quer numa atitude de execução”.

“Além de produzirem informação, levam as pessoas a colaborarem umas com as outras, as pessoas fazem todas parte de um sistema, pessoas que estão em vários distritos, em vários municípios, estão todos a trabalhar para o mesmo sistema, produzindo uma informação credível, importante que, em última análise, poderá sempre salvar vidas”, afirmou.

Duarte Costa acrescentou ainda que “é importante que estas plataformas sejam expandidas o máximo possível por outras regiões, utilizando aquilo que são as capacidades de informação que é vertida para essas plataformas e a ligação que ela tem, através dos CODIS, às plataformas nacionais da ANPC”.

A PEPCI congrega informação em tempo real de várias instituições como a Autoridade Nacional de Proteção Civil, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera ou o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e apresenta dados dos incêndios dos últimos 20 anos das duas comunidades intermunicipais que abrangem os distritos de Viseu, Coimbra, Guarda e Aveiro.

Com esta plataforma, que é restrita aos elementos e instituições de proteção civil, explicou o técnico André Mota, “é possível identificar uma série de dados das populações e dos riscos inerentes que se correm, mediante a ocorrência ou catástrofe, ajudando a tomar decisões quer de prevenção como de estratégias nas ocorrências”.

A plataforma hoje apresentada tem, neste momento, videovigilância da orla costeira, mas, no futuro, o objetivo passa por incluir imagens de vídeo das florestas, através de um sistema igual ao já existente na costa, a que estas duas comunidades intermunicipais se candidataram, disse André Mota.

A comunidade intermunicipal Viseu Dão Lafões é constituída por 14 municípios dos distritos de Viseu e Guarda e a comunidade intermunicipal da Região de Coimbra acolhe 19 autarquias dos distritos de Coimbra, Viseu e Aveiro, somando as duas comunidades um total de 33 concelhos.

Lusa

 

Pode ver também

Câmara de Sátão assinala os 45 anos do 25 de abril

A revolução levada a cabo pelo Movimento das Forças Armadas a 25 de abril de …

Comente este artigo