Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / CDS PP questiona Ministro da Saúde sobre as demissões no Hospital de Viseu

CDS PP questiona Ministro da Saúde sobre as demissões no Hospital de Viseu

Os deputados do CDS PP de Viseu querem saber se o ministro da Saúde “confirma os pedidos de demissão de 33 médicos e coordenadores do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, alegando um modelo de gestão que visa a poupança, sacrificando os cuidados de saúde”.

Outra pergunta que querem ver respondida é se “assegura que o rácio profissional de saúde/doente no Centro Hospitalar Tondela-Viseu é o adequado e que a segurança dos utentes e a qualidade dos cuidados prestados não está, nem estará, em causa”.

Os Deputados do CDS PP, perguntam também quantos pedidos de contratação de mais recursos humanos já foram feitos para este centro hospitalar e quando é que eles serão autorizados.

“Estão, neste momento, esses pedidos dependentes da autorização do Ministério das Finanças?”, questionam também os centristas de Viseu.

Os deputados do CDS-PP perguntam ainda se se confirma a situação de rutura do serviço de Oncologia, por falta de médicos, e “que medidas está o ministro a tomar para resolver esta dramática situação”.

O grupo parlamentar do CDS-PP lembra que, reiteradamente, tem questionado o ministro da Saúde sobre “várias situações preocupantes no CHTV, desde a falta de enfermeiros, médicos e técnicos, até aos elevados tempos de espera ou à falta de aparelhos e técnicos para operar os que existem”.

“Ao longo dos últimos três anos, tem-se vindo a verificar um acumular de situações de escassez de recursos humanos e materiais, que o CDS-PP considera serem lesivas para os utentes do CHTV, colocando em risco a qualidade da prestação dos serviços de saúde”.

 

Pode ver também

Viseu: 31 das 33 Corporações de Bombeiros suspenderam informação ao CDOS

O presidente da Federação Distrital dos Bombeiros de Viseu disse à agência Lusa que das …

Comente este artigo