Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Capacidade da albufeira de Pretarouca, em Lamego, aumentada em 30%

Capacidade da albufeira de Pretarouca, em Lamego, aumentada em 30%

Segundo a Águas do Norte, “o concurso público para a obra acaba de ser lançado e tem previsto um investimento total de 1,5 milhões de euros”.

O aumento da capacidade da albufeira em 30% (para 4.160.000 metros cúbicos) será possível através da “instalação de duas comportas com dois metros de altura útil no descarregador de cheias da barragem”, explica.

Desta forma, é criada “uma reserva para apoio regional em situações de seca prolongada”, acrescenta.

A Águas do Norte refere que a obra tem um prazo de execução de meio ano e prevê duas opções alternativas.

Uma das opções é a “instalação de comportas de charneira do tipo Obermeyer, cuja manobra é realizada por insuflação/desinsuflação de almofadas de borracha colocadas sob as comportas através do uso de ar comprimido”.

A outra opção consiste na “instalação de comportas de segmento, que são constituídas por um tabuleiro semicircular, correspondente a um segmento de um cilindro, sustentado por braços radiais que transmitem a pressão hidráulica a maciços de betão fixos”, explica.

De acordo com a Águas do Norte, nas duas opções, “a instalação das novas comportas implicará adaptação da construção civil existente”.

Uma vez que “as obras a realizar são feitas sobre o descarregador de cheias da barragem, estas deverão decorrer num período em que a probabilidade de ocorrência de uma cheia seja baixa, idealmente no período estival”, justifica.

Situada no rio Balsemão, a Barragem de Pretarouca assegura atualmente o abastecimento urbano aos concelhos de Tarouca, de Lamego e de Resende, pertencentes à área de intervenção da empresa Águas do Norte, do Grupo Águas de Portugal.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo