Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Capacidade da albufeira de Pretarouca, em Lamego, aumentada em 30%

Capacidade da albufeira de Pretarouca, em Lamego, aumentada em 30%

Segundo a Águas do Norte, “o concurso público para a obra acaba de ser lançado e tem previsto um investimento total de 1,5 milhões de euros”.

O aumento da capacidade da albufeira em 30% (para 4.160.000 metros cúbicos) será possível através da “instalação de duas comportas com dois metros de altura útil no descarregador de cheias da barragem”, explica.

Desta forma, é criada “uma reserva para apoio regional em situações de seca prolongada”, acrescenta.

A Águas do Norte refere que a obra tem um prazo de execução de meio ano e prevê duas opções alternativas.

Uma das opções é a “instalação de comportas de charneira do tipo Obermeyer, cuja manobra é realizada por insuflação/desinsuflação de almofadas de borracha colocadas sob as comportas através do uso de ar comprimido”.

A outra opção consiste na “instalação de comportas de segmento, que são constituídas por um tabuleiro semicircular, correspondente a um segmento de um cilindro, sustentado por braços radiais que transmitem a pressão hidráulica a maciços de betão fixos”, explica.

De acordo com a Águas do Norte, nas duas opções, “a instalação das novas comportas implicará adaptação da construção civil existente”.

Uma vez que “as obras a realizar são feitas sobre o descarregador de cheias da barragem, estas deverão decorrer num período em que a probabilidade de ocorrência de uma cheia seja baixa, idealmente no período estival”, justifica.

Situada no rio Balsemão, a Barragem de Pretarouca assegura atualmente o abastecimento urbano aos concelhos de Tarouca, de Lamego e de Resende, pertencentes à área de intervenção da empresa Águas do Norte, do Grupo Águas de Portugal.

 

Pode ver também

Viseu: fenda no açude junto à Casa da Ribeira baixa o nível de água e provoca a morte de vários peixes

Uma redução rápida do nível de água no Rio Pavia, entre a Ponte das Barcas …

Comente este artigo