Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Viseu transfere competências e mais de 1,3 ME para freguesias
Almeida Henriques. presidente da CM de Viseu

Câmara de Viseu transfere competências e mais de 1,3 ME para freguesias

A Câmara de Viseu aprovou hoje, em reunião de executivo, a transferência de mais de 1,3 milhões de euros para as freguesias e a delegação de competências em limpeza das vias e manutenção de jardins para as juntas.

“Mais de 1,3 ME para as freguesias, um aumento de 8% face ao ano anterior. É o sétimo ano que assinamos contrato com as freguesias e sempre numa perspetiva de que o que é feito em proximidade é sempre melhor do que à distância”, disse o presidente da Câmara de Viseu.

Almeida Henriques falava aos jornalistas no final da reunião do executivo e explicava que da delegação de competências às juntas de freguesia fazem parte a manutenção de espaços verdes, limpezas de vias, espaços públicos, sarjetas e sumidouros.

“As freguesias ficam ainda responsáveis pela manutenção de espaços envolventes a estabelecimentos do pré-escolar e do primeiro ciclo e a pequenas reparações destes espaços de ensino, assim como a gestão e reparação de equipamentos desportivos, percursos pedestres e colocação de placas de toponímia”, especificou.

A freguesia de Viseu tem uma “abordagem um pouco diferente, porque aproveitam-se as sinergias dos equipamentos do município” e, com isso, “há uma otimização das competências da Câmara e da freguesia”.

Com esta delegação de competências, Almeida Henriques disse que está dado mais um passo para “entrar no próximo ano com a delegação de competências no âmbito da descentralização” e recordou que “nos próximos dias serão inaugurados seis espaços de cidadãos” nas freguesias.

“Temos estado à espera da ligação e da disponibilidade de um membro do Governo para estar connosco nestas inaugurações e iremos chegar a 10 espaços de cidadãos a funcionar em diferentes freguesias e, por outro lado, estamos a desenvolver o Viseu Net, a desmaterialização dos processos da autarquia, e o Viseu Urbe, que tem maior incidência na área do urbanismo”, explicou o autarca.

O executivo aprovou também, na reunião de hoje, a decisão final da linha Animar, no âmbito do Viseu Cultura 2020/2021, que contempla três projetos – Karma is a fest, Creta, Laboratório de Criação Teatral e Poldra, Public Sculture Project Viseu – que terão um financiamento autárquico de 150 mil euros, num investimento superior a 188 mil euros.

Almeida Henriques anunciou que “o Tribunal de Contas já deu luz verde para ImoViriato”, um subfundo que integra o Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado (FNRE) e que prevê a requalificação de oito edifícios que a autarquia viseense adquiriu na zona histórica.

Com o visto do Tribunal de Contas, explicou Almeida Henriques, já pode ser feita a escritura e será possível “avançar já com a primeira obra, que será a do edifício das Águas de Viseu”, assim como “outro edifício também na Rua do Comércio, dois na Rua do Arco e o das janelas manuelinas na Rua Direita, nesta primeira fase”.

 

Pode ver também

Exéquias de D. Ilídio Leandro

Sábado, dia 22 de fevereiro às 12h00, na Igreja do Centro Pastoral de Viseu, inicio …

Comente este artigo