Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Viseu quer equipamentos de diversão durante Cubo Mágico

Câmara de Viseu quer equipamentos de diversão durante Cubo Mágico

A Câmara de Viseu espera que a Direção-Geral da Saúde dê a conhecer rapidamente as regras sanitárias relativas ao funcionamento dos equipamentos de diversão, para que estes possam animar a cidade durante o projeto Cubo Mágico.

“Esperamos que a Direção-Geral da Saúde faça público o protocolo de higienização e segurança que permite retomar esta atividade e fazê-lo em absoluta segurança”, disse hoje o vereador da Cultura, Jorge Sobrado.

De 21 de julho a 21 de setembro, o projeto multidisciplinar Cubo Mágico ocupará 18 locais da cidade, um dos quais o Campo de Viriato (recinto habitual da Feira de São Mateus), onde a autarquia pretende colocar os equipamentos de diversão.

“A autorização da Câmara está enquadrada num protocolo de cooperação que foi aprovado há 15 dias e que permite a instalação deste tipo de equipamentos, desde que sejam salvaguardadas duas condições: a questão legal e a questão sanitária”, explicou Jorge Sobrado.

Com a questão legal resolvida pelo despacho publicado em suplemento na quarta-feira em Diário da República e assinado pelo ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, a autarquia espera agora que sejam publicadas as orientações da Direção-Geral da Saúde.

“Estando reunidas essas condições, não há motivo para que esta atividade não tenha uma presença no Cubo Mágico, até pela relevância que anualmente este setor tem na Feira de São Mateus”, frisou.

Segundo Jorge Sobrado, “não era moralmente aceitável que Viseu lhes fechasse essa porta”, porque são “um fator de animação, em segurança, da cidade”, quer para a comunidade, quer para os turistas.

 

Pode ver também

São Pedro do Sul: Festival Tradidanças terá edição alargada em 2021

O festival Tradidanças, que não se realizou este verão, em São Pedro do Sul, distrito …

Comente este artigo