Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Viseu aprova Programa de Apoio ao Desporto e à Atividade Física

Câmara de Viseu aprova Programa de Apoio ao Desporto e à Atividade Física

O Executivo Municipal de Viseu aprovou por unanimidade, o Programa de Apoio ao Desporto e à Atividade Física para o biénio de 2019-2020.

Com uma dotação global de 1,5 milhões de euros, este Programa apresenta um novo conceito, além de ser um programa de apoio ao associativismo desportivo, abre a possibilidade de candidaturas de outras entidades fora do setor associativo.

“Logo atrás de Porto e Lisboa, a Câmara de Viseu é, a par de Famalicão, a que mais investe no apoio aos seus clubes desportivos. Apostamos muito no Desporto e reforçaremos o nível de apoios no próximo ano”, garante o Presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques.

Estruturado em 3 eixos de apoio (Desporto e Atividade Física; Formação e Organização de Eventos e Atividade Pontuais; e Modernização e Autonomia Associativa) e 17 medidas, este novo Programa reflete a nova visão do Município ao nível da promoção da Atividade Física junto da população, vertida nas medidas de incentivo à criação de novos projetos dirigidos a 95% da população que não está abrangida pelo Desporto Federado. Reforça, assim, o apoio a projetos e eventos na área do desporto adaptado e inclusão ativa, ou seja, pretende valorizar a dimensão social do Desporto junto das minorias e, em simultâneo, alarga as oportunidades de acesso à prática desportiva.

Este Programa pretende ainda dar continuidade à promoção do desporto e atividade física no género feminino (entre 2014 e 2018, o número de atletas passou de 342 para 1199), à dinamização de projetos nas freguesias periurbanas e rurais do concelho e ao incentivo à formação académica e desportiva dos técnicos, reforçada com a criação de uma medida específica para a organização de congressos e atividades de formação.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo