Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Santa Comba Dão quer avançar com Centro Interpretativo do Estado Novo

Câmara de Santa Comba Dão quer avançar com Centro Interpretativo do Estado Novo

A Câmara de Santa Comba Dão, pretende dar início, a curto prazo, à primeira fase de requalificação da escola-cantina Salazar, com o objetivo de instalar o Centro Interpretativo do Estado Novo.

António Oliveira Salazar, figura maior do Estado Novo, nasceu no Vimieiro, uma freguesia do concelho de Santa Comba Dão, mas a criação de um espaço dedicado àquele período da História portuguesa não foi pacífica ao longo dos anos.

Em 2007, o município de Santa Comba Dão, então presidido por João Lourenço, anunciou a intenção de criar um museu em torno da figura do antigo ditador, motivando um conjunto de movimentos contra e a favor.

João Lourenço pretendia desenvolver “um projeto que permitisse abordar de uma forma descomplexada um período da história, no qual Salazar foi figura maior”.

O projeto acabou por falhar por falta de capacidade financeira do município e também por não ter sido possível captar parceiros que investissem no projeto.

O atual presidente da Câmara, Leonel Gouveia, considera que a criação de um centro interpretativo do Estado Novo é “fundamental” como alavanca para todo o projeto de desenvolvimento turístico em curso no concelho.

O projeto que pretende desenvolver prevê a instalação do centro interpretativo do Estado Novo na escola-cantina Salazar, que foi construída naquele tempo.

O autarca espera que quem vier a visitar o centro “passe a conhecer uma época”, de forma dinâmica e interativa, num “espaço vivo de investigação e pedagógico”, daí considerar desadequado o nome de museu.

 

Pode ver também

Empresas reergueram-se um ano após os incêndios de 15 e 16 de outubro

As cinzas deixadas a 15 de outrubro do ano passado pelas chamas, em Oliveira de …

Comente este artigo