Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarquia de Santa Comba Dão questionada sobre voluntária remunerada com 1845€

Autarquia de Santa Comba Dão questionada sobre voluntária remunerada com 1845€

Passaram 3 meses desde que o concelho de Santa Comba Dão foi fortemente afectado pelos incêndios. Perderam-se 5 vidas, um rasto imenso de floresta e bens.

Se não restam dúvidas quanto à onda de solidariedade gerada, em que foram enviados bens de todo o lado com camiões carregados de tudo aquilo que seria útil a quem tinha de recomeçar a vida do zero… a forma como esses bens foram distribuídos e o trabalho de alguns voluntários levaram a Comissão Política de Secção de Santa Comba Dão do PPD/PSD a pedir esclarecimentos.

Inês Matos, Presidente da Concelhia, explica que surgiram rumores de que muitos dos bens chegados aos Centros de Recolha de Santa Comba Dão e Cagido estavam a ser levados por quem não tinha sido atingido pelos fogos de 15 e 16 de Outubro.

Inês Matos diz entender que os bens perecíveis possam ter sido distribuídos, por causa da sua data de validade, para as pessoas não directamente ligadas aos incêndios. O que não entende são os destinos dos não perecíveis.

Tratando-se apenas de rumores, por respeito às vítimas dos incêndios e às pessoas solidárias que doaram os seus bens exclusivamente a essas pessoas, Inês Matos defende que seria crucial apurar a verdade para não se fazerem juízos errados. Leonel Gouveia, presidente da autarquia, confrontado com a situação pela primeira vez concordou que se levasse a cabo uma investigação.

Toda a logística neste período obrigou a autarquia a recorrer à ajuda de Voluntários. E aqui surge um outro pedido de esclarecimento por parte do PSD. Em causa está um pagamento, no valor de 1845 euros, feito a uma das voluntárias. Inês Matos pediu que o autarca explicasse a que título é que tal pagamento tinha sido feito.

O Presidente da Câmara justificou a decisão pelo trabalho desenvolvido pela voluntária em causa. A Comissão Política de Secção de Santa Comba Dão do PPD/PSD, não concorda e salienta que o trabalho dos Voluntários não devia ser remunerado.

A título de exemplo… Inês Matos adiantou que nunca foi paga para ser voluntária da Liga Portuguesa contra o Cancro.

A Rádio Alive Fm tentou contactar o Presidente da Câmara de Santa Comba Dão, mas até ao momento… sem sucesso.

Peça de Maria Sousa/AliveFm

 

Pode ver também

Saiba os jogos para este fim-de-semana

Este fim-de-semana, no campeonato de Portugal Série C, o Ferreira de Aves recebe em casa …

Comente este artigo