Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca de Viseu “dá prazo de 15 dias” para limpar mato no IP3 e IP5

Autarca de Viseu “dá prazo de 15 dias” para limpar mato no IP3 e IP5

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, avisou que mandará limpar o mato nas entradas da cidade, junto ao Itinerário Principal (IP) 3, se a Infraestruturas de Portugal não o fizer nos próximos 15 dias.

Almeida Henriques diz que “O vice-presidente, que tem a área da Proteção Civil, já tem orientações suas para dar prioridade ao IP3 e ao IP5”, disse o autarca social-democrata aos jornalistas, justificando que esta medida se prende não apenas com a necessidade de prevenção de incêndios florestais, mas também com o brio de ter a cidade bem cuidada.

Almeida Henriques comentava aos jornalistas o facto de a Infraestruturas de Portugal ter sido multada pela GNR de Viseu por ainda não ter limpo o mato junto ao IP3, o que considerou “caricato, porque devia dar o exemplo”. “A penalização já ocorreu, mas não resolve o problema, porque aplicar uma multa à Infraestruturas de Portugal não implica que as estradas apareçam limpas”, realçou o autarca Almeida Henriques.

A autarquia questionou a Infraestruturas de Portugal sobre o cronograma que tem para as limpezas no concelho, com o objetivo de perceber se se adequa ao seu. “Se o prazo não me satisfizer, dis ao autarca, manda avançar com a limpeza das entradas da cidade e remeto o custo à Infraestruturas de Portugal”, garantiu Almeida Henriques aos jornalistas, no final da reunião de Câmara.

Na sua opinião, 15 dias são o prazo razoável para que as limpezas sejam feitas, porque, apesar das condições climatéricas atuais, “pode de um momento para o outro vir uma vaga de calor” e aumentar o risco de incêndio florestal.

“Se a Infraestruturas de Portugal fizer isso num prazo razoável, ficamos felizes e, apesar de tardiamente, o assunto fica resolvido. Se não o fizer, vamo-nos substituir, como a lei define”, sublinhou.

Além da necessária prevenção dos incêndios, Almeida Henriques lembra que a cidade está “a receber os turistas, os emigrantes, e vai ter o Europeade, a Feira de S. Mateus, os Jardins Efémeros, o autarca quer manter a imagem de uma cidade limpa e cuidada.

 

Pode ver também

Sátão na 2ª posição a nível do distrito de Viseu com menor indicie de dívida

No “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses” que monitoriza a eficiência do uso dos recursos públicos …

Comente este artigo