Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca de Penalva do Castelo junta-se às vozes de protesto contra o encerramento de balcões dos CTT

Autarca de Penalva do Castelo junta-se às vozes de protesto contra o encerramento de balcões dos CTT

São vários os autarcas indignados com o anúncio por parte da administração dos CTT em avançar com mais uma vaga de encerramentos de balcões no distrito de Viseu.

Apesar de o balcão dos Correios do concelho de Penalva do Castelo não constar na lista de encerramentos, o autarca Francisco Carvalho, juntou-se às vozes de protesto e solidariedade.

À margem da “Feira da Maçã Bravo de Esmolfe” o autarca aproveitou a presença da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade Rosa Monteiro, para que interceda no sentido de o Governo travar mais uma vaga de encerramentos dos balcões dos CTT no distrito.

O autarca de Penalva do Castelo Francisco Carvalho, diz não ter dúvidas que transformar os balcões do Correios em postos dos CTT, a qualidade dos serviços vai ser posta em causa, além da confidencialidade que é exigida no atendimento.

Francisco Carvalho recorda ainda que maioritariamente nos concelhos do interior a população é idosa e necessitam de apoio no preenchimento dos documentos, com a intenção de encerrar os balcões dos CTT, recorda o autarca as assimetrias entre o litoral e o interior vão aumentar.

Em resposta à pretensão do autarca de Penalva do Castelo, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade Rosa Monteiro, diz que o governo não tem ignorado o encerramento de serviços no interior do país e recorda as medidas previstas no Orçamento de Estado para 2019.

Francisco Carvalho presidente da câmara de Penalva do Castelo juntou-se às vozes de protesto contra à anunciada vaga de encerramento de balcões dos Correios no distrito de Viseu.

 

Pode ver também

Incêndios 2017: Governo já aplicou 32 milhões de euros na recuperação das habitações

O processo de reconstrução de casas destruídas pelos fogos em outubro de 2017 está cumprido …

Comente este artigo