Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca de Mangualde e presidente da CIM Viseu Dão Lafões defendem regionalização

Autarca de Mangualde e presidente da CIM Viseu Dão Lafões defendem regionalização

O presidente da Câmara de Mangualde, João Azevedo, defende que a regionalização deverá ter um referendo na próxima legislatura, mas num quadro de consenso político entre partidos, Parlamento, Governo e Presidente da República.

Em declarações à agência Lusa, o autarca de Mangualde, assumiu que “a regionalização servirá para dotar as regiões com mais eficácia e mais força regional”, em particular “a região Centro, que ficará mais forte”.

João Azevedo diz acreditar que “se a regionalização for feita a esse nível vai servir para reorganizar todas as estruturas intermunicipais” existentes atualmente nos territórios e que “funcionam bem”, realça o autarca, “mas precisam de ser reorganizadas para que a região tenha mais força para poder exigir o que deve e aquilo que merece”.

Também o presidente da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões defendeu que um novo referendo sobre regionalização deve ser feito no início da legislatura e pediu que a legislação seja bem feita para não se continuar a retalhar o país.

A CIM Viseu Dão Lafões é constituída por 14 municípios, um deles do distrito de Aveiro, e, no entender de Rogério Abrantes, “a regionalização pode passar por regiões mais abrangentes, como por exemplo a junção de dois distritos, ou de zonas que defendam os mesmos interesses”.

“A Beira Alta não tem os mesmos interesses que a região de Lisboa e como tal que se juntem as regiões pelos seus interesses para que a região os possa defender da melhor forma”, considerou o autarca socialista, que reforçou a ideia de que “primeiro deve-se fazer o referendo, depois trabalha-se o modelo de regionalização”.

 

Pode ver também

PJ deteve suspeito de violação em Tondela

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, hoje, a detenção de um homem suspeito de ter violado …

Comente este artigo