Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21 promove projeto GamelIN

Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21 promove projeto GamelIN

A Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21 (AVISPT21) promove a partir de hoje, 12 de outubro até 03 de dezembro o projeto GamelIN. Trata-se de uma iniciativa que visa possibilitar o acesso à experiência prática da música e das artes plásticas (fazer, criar) às Pessoas Com Deficiência; promover a criação duma “comunidade inclusiva” a partir da criação musical com recursos que não requerem a aprendizagem formal da música, mas que permitem a satisfação estética, a expressão de ideias próprias e a criação de relações interpessoais.

O GamelIN tem como base o projeto Gamelão de Porcelana e Cristal, um instrumento coletivo criado pela Companhia de Música Teatral e constituído por centenas de peças de porcelana, faiança, grês, vidro e cristal. Enquanto escultura sonora, permite a exploração, criação e performance, tendo já provado em diversas circunstâncias ser instrumento inclusivo.

Esta iniciativa da Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21 estará dividida em dois géneros de workshops semanais: Workshops artísticos promovidos pelo CentroPontoArte, com o objetivo de envolver todos os participantes no processo avaliativo do projeto que decorrem entre 18 de outubro e 5 de dezembro,  sendo dinamizados no CentroPonteArte com sede em Viseu.

GamelIN culminará num concerto final que terá lugar no dia 3 de dezembro (Dia Internacional da Pessoa com Deficiência), acompanhado de uma exposição, ambas experiências musicais e artísticas de pleno direito, que o público geral aprecia sem preconceitos.

Os participantes do GamelIN serão jovens e adultos acompanhados pela AVISPT21 (pessoas com Trissomia 21), jovens e adultos acompanhados pela ASSOL (pessoas com deficiência ou perturbações do foro da saúde mental); estudantes do ensino secundário da Escola Secundária Viriato; estudantes do Conservatório de Música de Viseu e estudantes do ensino superior de Viseu.

O projeto tem como parceiros a ASSOL- Pólo de Viseu (Associação de Solidariedade Social de Lafões); Câmara Municipal de Viseu; Conservatório Regional de Música de Viseu Dr. Azeredo Perdigão; Escola Secundária Viriato; Escola Superior de Educação de Viseu e Teatro Viriato. No âmbito da parceria com o Teatro Viriato, a Companhia de Música Teatral irá promover um workshop para famílias, no dia 10 de novembro.

O projeto é cofinanciado pelo Programa de Financiamento a projetos pelo Instituto Nacional para a Reabilitação e conta também com o apoio do Município de Viseu.

 

Pode ver também

A 24 com painéis de alerta para os “perigos e falhas”

A Câmara de Vila Real vai colocar painéis nas entradas da A24 para alertar os …

Comente este artigo