Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Água em Casaldeiro, sim! Saneamento em Casaldeiro… não!

Água em Casaldeiro, sim! Saneamento em Casaldeiro… não!

Depois de várias promessas, o prometido foi para a população finalmente cumprido.

Há vários anos condicionados por uma rede de fontanários para usufruírem de água em casa, os moradores de São Pedro de France veem agora a obra para a rede de água a começar.

O lançamento da primeira pedra da empreitada de extensão foi feito ontem, na aldeia de Casaldeiro com Almeida Henriques a defender ser “um homem de uma só palavra”.

O autarca defende que é necessário valorizar freguesias como esta que tem uma qualidade de vida invejável.

Depois de atacado pela população com a falta de saneamento na aldeia, Almeida Henriques deixou claro que não promete nada que saiba que não vai acontecer. O autarca justifica que se trataria de um investimento exorbitante e impraticável para a Câmara de Viseu. A solução passa pela recolha das águas residuais, esporadicamente a cada habitação, pela Águas de Viseu.

A obra, que para Almeida Henriques se trata de um “serviço tão básico”, vai arrancar de imediato e prevista terminar no final do ano.

Este projecto inclui a execução das redes de distribuição de água para Casaldeiro, Carvalhal, Casainho, e Covelo, abrangendo um total de 127 habitamtes. A extensão a Casaldeiro e Covelo será feita através da rede existente na povoação de Souto Chão. Já o abastecimento às povoações de Casainho e Carvalhal será feito através da povoação de Bassim. A obra, que influenciará as 4 povoações, terá aproximadamente 6 quilómetros.

Para a mesma freguesia, foi apresentada uma segunda obra que passará a dar acesso ao saneamento básico entre Lamaçais e Bassim, que começará dentro de dias. Esta obra inclui o abastecimento de água à Quinta da Tapada, com cerca de 28 habitantes, numa extensão de 1,5 quilómetros. Esta é uma empreitada que contempla também a rede de saneamento de um troço que liga as povoações de Lamaçais, Santo Amaro e zona baixa de Figueiredo à ETAR de Lamaçais, que totalizam cerca de 91 habitantes.

 

Pode ver também

Câmara de Mangualde aprova proposta de orçamento para 2018 em mais de 22 milhões

A Câmara Municipal de Mangualde aprovou a proposta de Orçamento Municipal para 2018 no valor …

Comente este artigo