Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Académico de Viseu nega polémica: “o actual plantel está a funcionar em plena normalidade”

Académico de Viseu nega polémica: “o actual plantel está a funcionar em plena normalidade”

Depois da polémica de um ex-jogador do Académico de Viseu estar envolvido no processo da operação “Jogo Duplo”, em que cinco futebolistas e um membro da claque Super Dragões, afeta ao FC Porto, foram detidos por viciação de resultados no futebol; a direcção do Académico de Viseu negou, em comunicado, o envolvimento de qualquer jogador actual do clube no processo.
Através de um comunicado publicado nas redes sociais, o clube garante que “o actual plantel do Académico encontra-se a funcionar em plena normalidade, não tendo sido efectuada qualquer detenção dos seus atletas”, e que “não houve qualquer diligência efectuada pela Polícia Judiciária junto das instalações do clube”.
Sobre a possibilidade de, entre os detidos pela PJ, se encontrar algum ex-jogador do clube, a direcção do Académico de Viseu acrescenta que a “instituição demarca-se em absoluto dos atos por si praticados” e afirma que “o Académico de Viseu e toda a sua estrutura repugnam todos e quaisquer atos que visem falsear resultados desportivos”.
O Académico de Viseu colocou-se ainda “ao dispor das autoridades competentes para prestar todo e qualquer apoio nas investigações caso sejam para tal solicitados”.
Fique com o comunicado na íntegra do clube desportivo:
«Em face das notícias vindas a público na comunicação social durante a manhã de hoje, nas quais se dava conta da detenção de cinco atletas no âmbito da operação “Jogo Duplo” e onde se mencionava que um dos detidos faria parte do Académico de Viseu Futebol Clube, vem esta instituição afirmar o seguinte:
1 – O actual plantel do Académico encontra-se a funcionar em plena normalidade, não tendo sido efectuada qualquer detenção dos seus atletas;
2 – Na eventualidade de se tratar, de um qualquer ex-atleta, esta instituição demarca-se em absoluto dos actos por si praticados;
3 – Não houve qualquer diligência efectuada pela Polícia Judiciária junto das instalações do clube;
4 – O Académico de Viseu e toda a sua estrutura repugnam todos e quaisquer actos que visem falsear resultados desportivos;
5 – O Académico de Viseu e os seus dirigentes colocam-se, desde já, ao dispor das autoridades competentes para prestar todo e qualquer apoio nas investigações caso sejam para tal solicitados.
Viseu, 29 de Março de 2017
O Presidente,
António da Silva Albino»

 

Pode ver também

Acidente: Homem de 50 anos morre em acidente de trator

Um homem com cerca de 50 anos morreu esta quarta-feira na sequência de um acidente com …

Comente este artigo