A câmara de Cinfães avança com nova ETAR de milhão de euros. – Alive FM 89.9 FM – Viseu
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / A câmara de Cinfães avança com nova ETAR de milhão de euros.

A câmara de Cinfães avança com nova ETAR de milhão de euros.

Uma nova estação de tratamento de águas residuais vai ser construída no concelho de Cinfães, na freguesia de Espadanedo e que irá servir também a população de Tarouquela.

A obra foi lançada a concurso, com um preço base de 1 milhão de euros, estando previsto o seu início antes do final do corrente ano.

“Nos últimos tempos o investimento na qualidade ambiental do Concelho tem sido enorme”, sublinha o presidente da Câmara de Cinfães Armando Mourisco, acrescentando que “isoladamente ou em parceria com as Águas do Norte foram construídas as ETAR’s de Fornos e Mourilhe, está em construção a da Gralheira, foram executadas as estações elevatórias de Louredo, Fontelas e Escamarão, a elevatória de Boassas foi reabilitada, a fossa de Pias foi desativada e efetuada ligação ao intercetor de Porto Antigo e ainda foi desativada a ETAR de Boassas e feita ligação também ao intercetor de Porto Antigo”.

Armando Mourisco lembra ainda o investimento que está a ser efetuado em obras de abastecimento de água e saneamento nas freguesias de São Cristóvão, Tarouquela, Espadanedo e em Quinhão – Tendais. “No final de 2016, a taxa de abastecimento de água calculada situava-se nos 38% e a taxa de águas residuais em 29%.

Com estes investimentos, no final do corrente ano, o município de Cinfães, atingir uma taxa de abastecimento no concelho de 63% em água e 47% saneamento,

Além destas obras, o Município, nas aldeias mais isoladas e pequenas, tem adquirido nascentes de água e procedido também à abertura de furos artesianos, permitindo o abastecimento de água às populações.

A autarquia de Cinfães tem feito também um esforço na requalificação da rede existente, em tubagem e sistemas já antigos, permitindo melhor qualidade no abastecimento e redução importante nas perdas.

“O presidente da Autarquia de Cinfães reconhece no entanto que há ainda muito trabalho a fazer na rede agua e saneamento do concelho.

O município tem previstos novos investimentos na rede primária do concelho, com o objetivo de atingir uma taxa de execução a rondar os 80%.

 

Pode ver também

Ministério da Justiça estuda proposta para ampliar tribunal de Viseu

Ministério estuda construção de 13 novos tribunais nos próximos 10 anos Governo defende agregação de …

Comente este artigo