Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Vila Cova à Coelheira recebe 15º convívio de Bandas Filarmónicas
Joaquim Nascimento, Presidente da Banda Musical e Progressiva de Vila Cova à Coelheira

Vila Cova à Coelheira recebe 15º convívio de Bandas Filarmónicas

Vila Cova à Coelheira, em Vila Nova de Paiva recebe este sábado, 24 de agosto, o 15º Convívio de Bandas.

Após 15 anos a promover a música filarmónica e a cultura musical, a organização na edição de 2019 vai levar a Vila Cova à Coelheira, bandas que vão atuar pela primeira vez, salientou à Alive Fm, Joaquim Nascimento presidente da Banda Musical e Progressiva de Vila Cova à Coelheira.

No 15º Convívio de Bandas em Vila Cova à Coelheira, a organização promete um espetáculo com um reportório variado de música filarmónica.

História da Banda Musical e Progressiva de Vila Cova à Coelheira

Remonta ao ano de 1853 a fundação da Banda Musical de V.C.à Coelheira, que teve como maior impulsionador e colaborador, o Sr. Professor Augusto Guerra, que também entrou para a História como o primeiro Maestro.

Há poucos registos e documentos dos primeiros cinquenta anos desta associação, o que muito nos entristece.

Na década de 30 do Século XX, mais especificamente em 1939, mercê de alguns desentendimentos no seio da associação, formou-se a “Música Nova”, portanto, Vila Cova passou a dispor de duas bandas o que provocava verdadeira rivalidade entre elas e sobretudo entre os seus “adeptos”.

Esta divisão durou 25 anos, quando houve a necessidade da fusão das duas bandas, provocada principalmente pela imigração, obrigando os filhos da terra a procurarem melhor sorte, decorria o ano de 1964. Deve-se salientar o facto, de que os primeiros estatutos das duas bandas datam da década de 40.

Entre os variadíssimos serviços e apresentações, poderia destacar alguns deles como as duas digressões ao Rio de Janeiro (Brasil, 1986 e 1995), representou a região da Beira Alta no Encontro de Bandas em Lisboa no Parque Eduardo VII (1994), recepção a diversas entidades, os Srs. 1ºs Ministros Cavaco Silva, António Guterres e o Sr. Presidente da República Jorge Sampaio, entre outros.

A 13 de Março de 1992 foi conferido por sua Excelência o primeiro-ministro Cavaco Silva, o estatuto de Utilidade Pública. Actualmente completa 156 anos sem interrupção na sua actividade e é constituída por 45 elementos, com uma média de idade que ronda os 18 anos. Tem mantido sempre em funcionamento a Escola de Música, contribuindo deste modo para a divulgação da cultura musical, designadamente nas camadas mais jovens. Iniciou-se o ano de 2009 com uma turma de 23 alunos.

Poderíamos falar dos directores, dos músicos e de todos aqueles que ao longo dos anos, dedicaram o seu tempo, o seu talento e por vezes, o seu suor e lágrimas a esta colectividade, para que crescesse e tivesse os momentos de glória, dos quais reza a história.

Ficam para as gerações futuras, o dever de perpetuar o valor e a grandeza, conquistados a duras penas, por todos aqueles que por aqui passaram e levaram para além fronteiras o nome de Vila Cova à Coelheira.

 

Pode ver também

Câmara de Viseu recebe Embaixador Chef Diogo Rocha, distinguido com uma Estrela Michelin

O Presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, recebe amanhã, 22 de novembro, nos Paços …

Comente este artigo