Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Orçamento da câmara de Sátão aprovado em Assembleia Municipal
Endividamento das famílias é o maior em 10 anos

Orçamento da câmara de Sátão aprovado em Assembleia Municipal

Os documentos das Grandes Opções do Plano de Atividades e Orçamento da câmara de Sátão para 2019, foram votados favoravelmente pela maioria social-democrata na Assembleia Municipal, para o próximo ano o município prevê um Orçamento de 12,5 milhões.

Como prioridades a autarquia destaca a coesão social referiu o presidente da câmara Paulo Santos.

O autarca destaca do plano de Atividades da câmara de Sátão o apoio à cultura, desporto e lazer.

O recinto do mercado do Ladário na freguesia de são Miguel de vila Boa, e Lamas, em Ferreira de Aves vão ser requalificados e a câmara de Sátão prevê para 2019 criar um mercado semanal na vila de Sátão.

Para 2019, a nova Zona Empresarial realça o autarca Paulo Santos, vai começar a dar os primeiros passos na instalação de novas empresas.

O Plano de Atividades e Orçamento para 2019 tem menos 1.5 milhões de euros comparativamente ao de 2018, o presidente da autarquia justificou.

Para o deputado da oposição Paulo Mendes, o Plano de Atividades e Orçamento da câmara de Sátão para o próximo ano, não tem diferenças estratégicas comparativamente ao de 2018.

Para o próximo ano a câmara de Sátão tem como prioridades a coesão social, coesão territorial e o crescimento sustentado, para o deputado da oposição Paulo Mendes, este objetivos não vão sair do papel.

O deputado da oposição realça a falta de investimento da câmara de Sátão na habitação social.

Para o deputado Paulo Mendes, as acessibilidades para 2019 estão em segundo plano.

Em matéria da rede e água o deputado da oposição realça que a verba inscrita no Plano de Atividades para o próximo ano é insuficiente.

António José Carvalho, presidente da freguesia de Sátão e deputado da oposição PNT, alertou para o facto da despesa corrente ser superior à despesa de capital, no entanto o deputado absteve-se na votação dos documentos.

Os vereadores da oposição PNT, apresentaram uma declaração de voto à mesa da Assembleia Municipal, onde justificaram o voto contra ao Plano de Atividades e Orçamento da câmara de Sátão para o próximo ano, a declaração de voto foi lida pelo deputado do PNT Carlos Rodrigues.

Os documentos das Grandes Opções do Plano de Atividades e Orçamento da câmara de Sátão para 2019, foram aprovados pela maioria social-democrata, os vereadores da oposição PNT votaram contra, António José Carvalho, presidente da junta de freguesia de Sátão, absteve-se e Luis Quental, deputado eleito pelo partido “Avante todos pelo Sátão também votou contra aos documentos.

 

Pode ver também

Prémio “Um Milhão” saiu a um apostador do distrito de Viseu

O código vencedor do concurso 49/2018 do M1lhão, sorteado este sábado, é JTL 30548. O prémio, …

Comente este artigo