Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sátão: Águas residuais sem tratamento canalizadas para ribeira e terrenos agrícolas
Fotografia Partido Ecologista Os Verdes

Sátão: Águas residuais sem tratamento canalizadas para ribeira e terrenos agrícolas

O saneamento da povoação de Rãs (União das freguesias de Romãs, Decermilo e Vila Longa), no concelho de Sátão, está a ser encaminhado para uma fossa séptica que fica localizada a poucos metros da povoação, no meio de terrenos de cultivo.

As águas residuais são depois encaminhadas através de tubagem para a ribeira de Sátão, afluente do Rio Dão, sem qualquer tipo de tratamento, a denúncia é do partido Ecologista Os verdes depois de terem recebido uma denuncia da população afetada.

No local Os Verdes constataram que os efluentes não só são canalizados para a linha de água, como também uma grande parte das águas residuais, devido a uma rutura do coletor, estão a ser descarregada diretamente para os campos de cultivo, como salientou à Alive Fm Miguel Martins, dos Verdes de Viseu.

As águas residuais que correm a céu aberto na povoação de Rãs provenientes da ETAR, salienta Miguel Martins, é uma questão de saúde publica.

Do Ministério do ambiente os verdes pretendem saber se a tutela tem conhecimento do caso e se a autarquia de Sátão tem autorização do Ministério de rejeitar as águas residuais para a ribeira de Sátão, afluente do Rio Dão.

Os Verdes consideram lamentável, os esgotos da ETAR de Rãs correrem a céu aberto, pois há anos que o saneamento se encontra neste estado, sem que se perspetive a resolução do problema e o tratamento adequado dos esgotos, realça o Partido Ecologista.

Galeria de fotografias

 

Pode ver também

Vila Cova à Coelheira: 25 anos de elevação a vila

A freguesia de Vila Cova à Coelheira, no concelho de Vila Nova de Paiva, assinalou …

Comente este artigo