Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / IP3: PCP apresentou na Assembleia da República um Projeto de Resolução

IP3: PCP apresentou na Assembleia da República um Projeto de Resolução

O PCP apresentou na Assembleia da República um Projeto de Resolução através do qual recomenda “a requalificação do IP3 e a sua manutenção sem portagens e em condições de segurança”.

Os comunistas lembram que o IP3 é considerado como a ligação mais curta entre Coimbra e Viseu, “apresentando o maior volume de trânsito” e são evidentes as más condições da estrada que segundo o PCP, potenciam a elevada sinistralidade.

O Comunistas, lembram que a Associação de Utentes e Sobreviventes do IP3 tem vindo a alertar para um conjunto de problemas desta via, inaugurada em 1998.

O PCP cita mesmo a Associação de Utentes, denunciando que o grande problema “é o estado elevado de degradação do piso daquela que já foi conhecida como a estrada da morte e que continua a ser uma das estradas com níveis de sinistralidade mais elevados”.

O PCP junta a sua voz à da Associação de Utentes e Sobreviventes do PI3.

João Abreu diz que o atual traçado de IP3 já não serve os interesses do distrito e da região

Os comunistas consideram ainda que os 2,5 milhões de euros já anunciados pelo Governo para a realização de obras na via de 77 quilómetros, que visam reforçar a estabilidade dos taludes de para dar resposta à intervenção necessária para garantir a segurança e reduzir drasticamente a sinistralidade rodoviária no IP3.

Os comunistas voltam ainda a defender o alargamento da via para quatro faixas e separador central em toda a extensão do percurso, acompanhado pela construção dos respetivos nós de ligação.

Por fim, recomenda ao Governo que “mantenha o IP3 ao serviço da economia do País e das populações, livre de portagens” e com os níveis de segurança exigidos para o volume de tráfego que tem.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo