Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / 15 anos depois Bloco Esquerda reabre cinema Ícaro em Viseu

15 anos depois Bloco Esquerda reabre cinema Ícaro em Viseu

O cinema Ícaro, que está encerrado há mais de 15 anos, na cidade de Viseu, vai voltar a abrir as portas de 01 a 05 de maio para acolher a mostra de “cinema insubmisso” intitulada Desobedoc.

Nascido no Porto há cinco anos, o Desobedoc quis provar que “era possível abrir salas de cinema encerradas e criar espaços onde filmes e documentários pudessem ser vistos, partilhados, discutidos”.

Este ano, o Desobedoc – que é organizado pelo Bloco de Esquerda – chega à cidade de Viseu, com sessão marcada para o cinema Ícaro (que encerrou em 2005), e integra mais de duas dezenas de filmes, documentários, performances, conversas, concertos e exposições.

A cultura tem sido o parente pobre do orçamento. Se é verdade que passou a haver ministério, falta uma estratégia, recursos e capacidade de pensar o país como um todo”, considera o Bloco de esquerda de Viseu

Os Bloquistas referem que no caso do interior do país, “o acesso à cultura – ao património e à criação artística – é ainda mais limitado”, apesar de haver “grupos, companhias, cineclubes, associações e espaços que resistem”, faltando “uma resposta pública que chegue a todos e o compromisso do Estado central e local”.

Quando se comemoram os 50 anos do maio de 68, “o Desobedoc multiplica-se” e, além de Viseu, também Braga, Coimbra, Évora e Vila Real acolherão “filmes sobre trabalho e sobre diversidade, sobre colonialismo e lutas pelo ambiente, sobre a vaga feminista e sobre o golpe brasileiro, sobre a intersecção das lutas e sobre o legado do espírito de desobediência de 68”.

 

Pode ver também

Movimento “Chega” de Vila Nova de Paiva exige requalificação urbana

Habitantes ligados ao Movimento “Chega”, criado recentemente, colocaram cartazes frente ao edifício da câmara de …

Comente este artigo