Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Wind Orchestra Buffet Crampon encheu auditório de Santa Comba Dão
santacomba

Wind Orchestra Buffet Crampon encheu auditório de Santa Comba Dão

Concerto emocionou plateia que cantou o Hino Nacional em homenagem aos jovens músicos portugueses premiados em competições internacionais nos Estados Unidos da América.

O Hino Nacional foi a chave d’ouro que encerrou a primeira edição da Academia de Verão Wind Orchestra Buffet Crampon, na passada sexta-feira, dia 9 de setembro. Com lotação esgotada e várias pessoas em pé, o auditório da Casa da Cultura de Santa Comba Dão foi pequeno para acolher o primeiro concerto da Wind Orchestra Buffet Crampon dirigida pelo prestigiado maestro António Saiote.

Amigo de longa data da judoca Telma Monteiro, foi no seu exemplo que o professor Saiote se inspirou quando pediu à plateia que homenageasse com o Hino Nacional os jovens músicos portugueses premiados com medalha de ouro e prata. Referindo que tal feito nunca tinha sido alcançado no passado, apontou para dois músicos da orquestra – António Lopes e Maria Gomes, que ocuparam recentemente o pódio, com 1º e 2º lugar respetivamente, no maior concurso mundial promovido pela “International Clarinet Association, categoria Júnior (menores de 18 anos), em Kansas, Estados Unidos, e pediu ao público que se levantasse para homenagear dois jovens portugueses que fizeram história com as cores de Portugal à semelhança de Telma Monteiro.

Natural de Vila Real, António Lopes define a Wind Orchestra Buffet Crampon como “uma orquestra de grande nível, comandada por um maestro ainda melhor – o maestro António Saiote fez um trabalho brilhante nesta semana com um programa tão exigente”

Do programa constaram obras dos compositores Portugueses Luís Carvalho (Gentios são os olhos negros) e Samuel Pascoal (Like a feather in water) abordam um tema comum – os Açores. Para o director artístico deste projecto, Sérgio Silva Neves, o projeto pretende homenagear a cultura e os artistas portugueses: “Neste programa procurei ainda reforçar com obras emblemáticas que se enquadrassem com estas obras e que permitissem ao público viajar desde o início até ao final nesta viagem musical alucinante”.

Durante a semana de 5 a 9 de Setembro, o Conservatório de Música e Artes do Dão (Cmad) acolheu 72 instrumentistas de todo o país, de Monção a Portalegre, de Chaves a Lisboa, com idades entre os 15 e os 26 anos. Paulo Gomes, director do Cmad, destaca a grande noite de música proporcionada pela jovem orquestra, que teve o apoio incondicional do Cmad: “Somos uma região um pouco afastada de tudo, por isso este evento veio trazer visibilidade à região e vai levar a boa impressão das pessoas que estiveram cá pela forma como foram recebidas e pelo nível artístico que aqui encontraram, e isso claro que nos vai ajudar a divulgar o nosso trabalho que muitas vezes fica entre quatro paredes”.

Sérgio Silva Neves confirma que “Santa Comba Dão foi escolhida pela Buffet Crampon para realizar este projeto por ter um conservatório que nos últimos anos se tem destacado nos sopros”. A Wind Orchestra terá continuidade porém com uma projecção mais internacional: “A Buffet propôs-nos desenvolver o projeto no próximo ano, certamente quererão fazer um concerto em Portugal e outro no estrangeiro. Musicalmente é um sucesso e a Buffet tem esta vontade de apoiar o desenvolvimento artístico de uma nova geração através do cruzamento de saberes com artistas consagrados que representam a Buffet há muitas décadas com o prof. António Saiote”.

 

Pode ver também

IMG_9532

Onde está o saneamento? População de Casaldeiro revolta-se e pára obras em curso

Fartos de promessas, a população de Casaldeiro decidiu meter-se na estrada e resolver o assunto …

Comente este artigo