Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / “Urgências sobrecarregadas porque Centros de Saúde não têm condições”
carloscortes2

“Urgências sobrecarregadas porque Centros de Saúde não têm condições”

O Ministro da Saúde quer aumentar 10 meses de trabalho aos médicos nos serviços de urgência.

Carlos Cortes, Presidente da Ordem dos Médicos do Centro, em declarações à AliveFm, diz que esta medida ao invés de resolver o problema vem trazer uns quantos mais.

Para o presidente a principal solução passaria por um plano de reestruturação das urgências.

Carlos Cortes defende que, à semelhança de outros países, a principal intervenção devia passar pela melhoria dos serviços nos centros de saúde. Isto para, não sobrecarregar as urgências com casos muitas vezes desnecessários.

Carlos Cortes defende que a urgência hospitalar devia ser usada como último recurso.  O presidente não culpabiliza os utentes, mas sim os responsáveis de saúde. Com falta de equipamentos de diagnóstico e de tratamento torna-se claro para ele os doentes não sentirem segurança a usarem os Centros de Saúde.

Criticas de Carlos Cortes, Presidente da Secção Regional da Ordem dos Médicos do Centro, quanto ao Governo querer aumentar o limite de 50 anos nocturnas e 55 anos para o desempenho diurno no serviço de urgência.

 

Pode ver também

Cruzamento da EN 16 para EN 229-2

Rio de Moinhos e São Miguel de Vila Boa ganham novo padre

A Diocese de Viseu está em renovação. Vai reorganizar pastoralmente a distribuição dos párocos em …

Comente este artigo