Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / “Urgências sobrecarregadas porque Centros de Saúde não têm condições”

“Urgências sobrecarregadas porque Centros de Saúde não têm condições”

O Ministro da Saúde quer aumentar 10 meses de trabalho aos médicos nos serviços de urgência.

Carlos Cortes, Presidente da Ordem dos Médicos do Centro, em declarações à AliveFm, diz que esta medida ao invés de resolver o problema vem trazer uns quantos mais.

Para o presidente a principal solução passaria por um plano de reestruturação das urgências.

Carlos Cortes defende que, à semelhança de outros países, a principal intervenção devia passar pela melhoria dos serviços nos centros de saúde. Isto para, não sobrecarregar as urgências com casos muitas vezes desnecessários.

Carlos Cortes defende que a urgência hospitalar devia ser usada como último recurso.  O presidente não culpabiliza os utentes, mas sim os responsáveis de saúde. Com falta de equipamentos de diagnóstico e de tratamento torna-se claro para ele os doentes não sentirem segurança a usarem os Centros de Saúde.

Criticas de Carlos Cortes, Presidente da Secção Regional da Ordem dos Médicos do Centro, quanto ao Governo querer aumentar o limite de 50 anos nocturnas e 55 anos para o desempenho diurno no serviço de urgência.

 

Pode ver também

Cinfães foi distinguido como “Destino Turístico Sustentável.

No Comité das Regiões, que decorreu em Bruxelas, foram entregues os certificados da Carta Europeia …

Comente este artigo