Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sátão: Reformado da PSP acusado de abusar de idosa de 92 anos
20161101_130341

Sátão: Reformado da PSP acusado de abusar de idosa de 92 anos

Um agente da PSP reformado, de 72 anos, que prestou serviço na Polícia Municipal de Lisboa, é suspeito de tentar manter relações sexuais com uma idosa de 92 anos.

Tudo aconteceu no passado mês de março, na localidade de Tojal, Sátão. O homem começa amanhã a ser julgado no Tribunal de Viseu.

Está acusado pelo Ministério Público de dois crimes de importunação sexual. A ideia do ex-polícia passava por convencer a idosa a manter um relacionamento sexual em segredo.

Contudo, desde o primeiro momento que a mulher, viúva e a viver sozinha, o afastou de tais pretensões.

No dia 5 de março, o homem, casado, foi a casa da vítima e disse-lhe que precisava de falar com ela mas que teria de ser em local isolado, pois a sua mulher não poderia saber.

Combinaram encontrar-se na casa de um primo da vítima. Aí, o polícia disse: “Eu gosto muito de si… sei que é uma pessoa limpa.” Entretanto, rodeou-lhe os braços no pescoço e beijou-a na boca, agarrando-lhe o queixo com as duas mãos.

A vítima pediu que a deixasse e o suspeito acabou por largá-la.

Segundo a acusação, o arguido sabia que a mulher o repudiava, mas mesmo assim agiu com o propósito de satisfazer as suas intenções libidinosas”.

Para a defesa da idosa, a vítima “passou por momentos de pânico e temor” e desde aquela data “passou a ter receio de sair sozinha à rua”, temendo que o agressor lhe pudesse voltar a fazer mal.

A mulher sente-se “envergonhada e deprimida”, uma vez que o assunto tem sido tema de conversa entre os habitantes da localidade e por isso pede uma indemnização civil nunca inferior a 15 mil euros.

CM

 

Pode ver também

psp2

2 detidos pela PSP por conduzirem alcoolizados

A Polícia de Segurança Pública de Viseu, no dia 21 do corrente mês e ano, …

Comente este artigo