Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Retirada de amianto nas escolas de Sátão considerada pouco prioritária pelo Governo
14975852_563247023869449_202782782_o-660x330

Retirada de amianto nas escolas de Sátão considerada pouco prioritária pelo Governo

Em novembro do ano passado, os Verdes decidiram questionar o Governo sobre a  necessidade urgente da retirada de amianto nas Escolas Secundária frei Rosa Viterbo de Sátão e Básica de Ferreira de Aves.

Agora, agosto de 2017, a resposta surge… mais ou menos favorável. Na nota enviada à redação pelo Ministério da Educação admitem que apesar de existir amianto nas instalações, a quantidade existente não representa “risco para a saúde humana”. Como tal “não carece de intervenção a curto prazo”.

Contudo, a nota esclarece que “naturalmente, não significa que o decurso do tempo não tenha originado as patologias decorrentes do uso sendo necessário proceder à sua substituição a médio prazo”.

Miguel Martins, do partido ecologista “Os Verdes”, não está satisfeito com a resposta.

Para ele, é um esclarecimento pouco claro porque apesar de o Governo admitir que o amianto esteja presente… não transmite qualquer garantia e data para a substituição.

O Ministério da Educação deixa no entanto a promessa de que “no âmbito da planificação dos investimentos em infraestruturas escolares (…) desenvolverá esforços para definir uma solução que viabilize essa intervenção”.

A área coberta por telhas fibrocimento nos blocos e balneários da Escola Secundária Frei Rosa Viterbo, escola sede do Agrupamento de Escolas de Sátão, totaliza 1320m2, enquanto a mesma área, na Escola Básica de Ferreira de Aves totaliza 2170m2.

Peça de Maria Sousa/AliveFm

Notícias relacionadas:

Duas escolas de Sátão com graves problemas de amianto

Autarca de Sátão sensível ao problema do amianto nas escolas

Amianto nas escolas de Sátão: moção aprovada por unanimidade

 

Pode ver também

20914417_853182834843944_8070914573427132485_n

Festas de São Bernardo em Sátão juntaram mais de 45 mil pessoas diz autarquia

  Cultura, desporto, música e muita animação foram os ingredientes que estiveram presentes nas Festas …

Comente este artigo