Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Rali de Mortágua a 16 e 17 de Setembro
radar

Rali de Mortágua a 16 e 17 de Setembro

 

A ARC Sport regressa aos pisos de terra e a uma prova que também lhe trás boas recordações. O Rali de Mortágua é a próxima etapa do Campeonato Nacional de Ralis, com a equipa de Aguiar da Beira pronta para contribuir para os sucessos de Joaquim Alves e Luís Ramalho que voltam aos comandos do Ford Fiesta R5 e para a novidade, em provas pontuáveis para o CNR, com António Costa ao volante do Renault Clio R3 da ARC Sport, tendo no banco do lado o consagrado Nuno Rodrigues da Silva.

Depois da ausência no Rali da Madeira, Joaquim Alves regressa à competição e aos comandos do Ford Fiesta R5. Tentar ser consistente é o principal desafio para o piloto.

“Os objetivos para esta prova passam por conseguir andar num bom ritmo e, sobretudo, tentar ser consistente ao longo de toda a prova. Como gosto mais dos ralis de terra, quero desfrutar ao máximo os excelentes pisos de terra em Mortágua”, disse Joaquim Alves.

Dada a ausência de Ricardo Moura, o seu navegador António Costa está disponível para ensaiar mais uma experiência ao volante e fazer a sua estreia como piloto em provas pontuáveis para o Campeonato Nacional de Ralis. O tricampeão nacional de navegadores está pronto para mais este desafio e escolheu Nuno Rodrigues da Silva para interpretar o seu habitual papel.

“Esta é a primeira vez como piloto em provas do CNR, embora já existisse vontade de trocar o lugar de navegador e passar para o volante em provas deste nível. Como o Ricardo Moura não vai participar neste rali, estou livre para mais esta experiência. O Rali de Mortágua vai servir para aprender ao máximo e fazer quilómetros sem pensar em resultados. O Nuno Rodrigues da Silva é uma pessoa que respeito, confio e conheço bem o trabalho dele, por isso esta nova dupla para Mortágua”, afirmou António Costa.

A ARC Sport quer sair de Mortágua com um resultado positivo. O entusiasmo e empenho de toda a equipa de Aguiar da Beira é uma certeza.

“Vamos trabalhar para que o Joaquim Alves e o António Costa possam alcançar os seus objetivos, desejando-lhes a maiores felicidades para esta prova. É o regresso aos pisos de terra, num rali que gostamos bastante”, disse Augusto Ramiro.

 

Pode ver também

IMG_9532

Onde está o saneamento? População de Casaldeiro revolta-se e pára obras em curso

Fartos de promessas, a população de Casaldeiro decidiu meter-se na estrada e resolver o assunto …

Comente este artigo